Read in your language

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011

Os 10 alimentos que mais embelezam

 

 Mulher comendo torta de mirtilo


Sabe aquela história de que a beleza começa na mesa? É a mais pura verdade. Tudo o que ingerimos traz consequências (boas ou não) para o nosso organismo. "Quanto maior for a ingestão de alimentos nutritivos, melhor você se sentirá e mais bonita ficará", afirma Lisa Drayer, nutricionista e autora do livro "A Dieta da Beleza". Descubra os 10 alimentos mais poderosos para sua beleza:

1. Salmão

Especialmente o selvagem (criado na natureza, não em cativeiro) é rico em ácido graxo ômega-3, nutriente que deixa a pele mais macia e lisa, além de melhorar os sintomas da acne. O salmão também é fonte de antioxidantes (com efeito antienvelhecimento) e minerais que protegem a pele do sol.

2. Iogurte de baixa caloria

O alimento é fonte de cálcio, capaz de deixar os ossos mais fortes, as unhas bonitas e uma boa postura. Além disso, o iogurte é capaz de amenizar os sintomas da TPM. Incrível, não é mesmo?

3. Ostra

Rica em zinco, mineral que atua na renovação e conservação da pele. Também contém selênio, que age como antioxidante.

4. Mirtilo

O mirtilo (ou blueberry) é o alimento mais rico em antioxidantes, se comparada com verduras, legumes e outras frutas frescas. Além de proteger do envelhecimento precoce e de outras doenças relacionadas à velhice, têm efeitos anti-inflamatórios e previne o câncer. Ah, e é delicioso também...

5. Kiwi

O kiwi não serve apenas para complementar a salada de frutas. Ele também possui uma quantidade enorme de vitamina C (excelente para a produção de colágeno), previne rugas, auxilia na manutenção de ossos e dentes saudáveis e é perfeito para o cardápio da dieta: dois kiwis médios têm apenas 92 calorias.

 Mulher comendo torta de mirtilo

 

6. Batata-doce

Rica em betacaroteno (antioxidante poderoso que destrói radicais livres), a batata-doce deixa a pele mais macia e é extremamente nutritiva.

7. Espinafre

O Popeye já sabia: o espinafre faz maravilhas ao organismo! A verdura de baixa caloria contém grande quantidade de luteína (substância vital para a saúde e o brilho dos olhos), além de outros nutrientes indispensáveis para a saúde, como betacaroteno, magnésio, vitamina B e fibras alimentares.

8. Tomate

Segundo a nutricionista Lisa Drayer, o tomate é o alimento que fornece a maior quantia do antioxidante licopeno, que protege contra doenças cardiovasculares, efeitos nocivos dos raios solares e doenças como diabete e osteoporose.

9. Noz

Rica em ácido graxo ômega-3, a noz deixa a pela macia, os cabelos saudáveis e os ossos fortes. O fruto seco é o que mais tem antioxidantes, se ingerido em pequenas quantidades durante o dia.

10. Chocolate amargo

Quem disse que o chocolate é inimigo da beleza? O chocolate amargo contém tanto polifenóis (ótimo para a pele e para a prevenção de doenças) quanto o vinho e tem poderosas propriedades antienvelhecimento. Mas não vá exagerar no consumo: coma pequenas porções para evitar o excesso de calorias ou a neutralização dos antioxidantes presentes no alimento.


Bjks,
Aline

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Use prateleiras para economizar espaço

Conteúdo do site ANAMARIA

Elas são baratas, simples e aproveitam muito bem qualquer tipo de espaço

Prateleira
Na cozinha ou na lavanderia, evite prateleiras feitas de vidro


Os chamados móveis pesados são a base da decoração, mas investir em objetos com vários tipos de uso pode resolver com rapidez e eficiência problemas de falta de espaço. As prateleiras são um bom exemplo disso.

Além de estar em alta na decoração, elas são encontradas em muitos tamanhos, formas e materiais. Custam pouco, dão um canto fixo a objetos antes espalhados pela casa e deixam os espaços mais elegantes.

Com todas essas vantagens, saiba encontrar o modelo ideal de prateleira para cada cômodo da casa.

Na sala e no escritório

. Use modelos de madeira no mesmo tom dos outros móveis.
. Prefira vidro para prateleiras perto de cristaleiras ou barzinhos.
. Modelos com suportes metálicos são mais difíceis de combinar.
. Fixe prateleiras em alturas diferentes (30 cm de distância), formando uma escada. Deixe uma para CDs e outra para DVDs, para padronizar o tamanho dos objetos.
. A fixação diretamente com buchas e parafusos é mais resistente.

Na cozinha e na lavanderia

. Experimente instalar ganchinhos metálicos na parte inferior, para pendurar xícaras.
. Fixe prateleiras sobre a pia, ao lado do fogão, perto da mesa ou em cima da geladeira. Assim, temperos, guardanapos e outros utensílios de uso constante ficam à mão.
. Escolha modelos revestidos de fórmica clara. Você nota rapidinho quando eles estão sujos e mantém a casa sempre brilhante e arrumada.
. Na cozinha ou na lavanderia, evite prateleiras feitas de vidro: as danadas acumulam uma gordura...

No banheiro ou lavabo

. Use peças estreitas, de no máximo 30 cm de profundidade, pois o espaço é pequeno.
. Nos banheiros, as prateleiras podem substituir os tradicionais gabinetes. Instale-as embaixo da pia para armazenar toalhas e rolos de papel higiênico.
. Prateleiras de vidro ficam lindas dentro do boxe, para apoiar xampu e condicionador.
. Evite modelos confeccionados em aglomerado, pois a umidade danifica o material rapidinho. Melhor apostar em prateleiras revestidas de fórmica.

Bjks mil,
Aline

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Como parecer mais alta com truques visuais

Se você é do time das baixinhas e deseja parecer mais alta aqui seguem algumas dicas.
Como parecer mais alta somente com truques visuais?
- Primeiro, nunca, jamais, em tempo algum, use sapatos plataforma, e isso não inclui as belas anabelas que são outra coisa. Um sapato plataforma é aquele que é reto e parece um tijolo, além de muito feio ele não irá fazer com que você pareça mais alta, mas, sim que está equilibrada em cima de um tijolo.
- Sapatos que favorecem são aqueles que deixem o peito do pé sem nada em cima, com o peito do pé livre suas pernas serão alongadas visualmente. E não pense que são somente sapatos de salto que dão essa sensação, mas, também sapatos como sapatilhas, sem salto.
- Sapatos nude, ou seja, cor da pele além de super na moda dão uma sensação de continuidade para as pernas, assim suas pernas parecerão mais longas e você mais alta.
- Saias e vestidos também podem ajudar, porém, para essas peças de roupa é necessário controlar o tamanho ideal. Por exemplo, deve ser um cumprimento com o qual você possa trabalhar e também mostrar um pouco de pele. Prefira peças que fiquem no joelho. Além de ser um tamanho apropriado para o local de trabalho também dará uma sensação de pernas alongadas. Não esqueça do sapato que deixe o peito do pé livre.

Como retirar o cheiro de cebola ou alho das mãos



Existem várias técnicas para retirar o terrível cheiro de cebola ou alho das mãos. Observe algumas:

Pegue um punhado de açúcar e passe nas mãos, depois lave.

Você poderá repetir o procedimento acima com salsa recém cortada, leite, borra de café, vinagre, limão ou sal.

Outra saída é: sob água corrente segure uma colher ou uma faca de aço inoxidável nas mãos e espere o cheiro ir embora.

Se você tiver que cortar pimentões é melhor deixá-los por último, assim o cheiro da cebola e do alho também desaparecerá

Uma dica simples e muito utilizada é simplesmente colocar as mãos debaixo da torneira até que o odor saia por completo.

Nunca esfregue as mãos para tentar remover o cheiro em qualquer das alternativas acima, pois isto potencializará o odor.

aqui


Bjks,
Aline

sábado, 22 de janeiro de 2011

Como lavar bichos de pelúcia

Dicas do  Brinquedos e Brincadeiras

Bicho de pelúcia
Deixar seus bichos de pelúcia limpinhos, limpinhos é mais fácil do que você imagina.

Bichos de pelúcia acumulam ácaros e poeira. Por vezes, caem no chão e juntam sujeira. Isso quando não são jogados de um lado a outro da casa e acabam engordurados e encardidos. Por isso, é importante limpar os bichinhos sempre que necessário. O intervalo entre as lavagens varia de uma família para outra, mas não convém deixar passar mais do que seis meses. Os mais zelosos, porém, podem repetir o procedimento a cada 15 dias. Periodicidade à parte, o mais importante é sempre observar e sentir o estado de higiene do brinquedo para poder melhor avaliar a necessidade de uma limpeza. Veja a seguir o passa a passo para deixá-los limpinhos e cheirosos.



Onde lavar
Essa é uma decisão importante. O ideal é mandar para uma lavanderia especializada nesse tipo serviço, que conte com técnicas e produtos especiais para a higienização, principalmente se o bicho de pelúcia for grande. Porém há quem diga que a lavagem a seco, muito comum nessa área, não deixa o brinquedo totalmente limpo. Para pessoas com esse grau de exigência, é o caso de procurar lavanderias que façam a higienização de modo mais convencional ou então executem em casa o serviço. Aí outra dúvida vem à tona: máquina ou tanque? Os fabricantes costumam torcer o nariz para essas duas opções, alegando que os bichinhos deformam e podem perder coloração, mas não são poucas as mães que fazem isso e nunca tiveram problemas. A vantagem da máquina é que ela centrifuga e ajuda na secagem, evitando o mau cheiro de tecido que não secou direito. Já a lavagem a mão permite que se faça um trabalho mais delicado, principalmente se o ursinho, por exemplo, tiver muitos acessórios costurados ou colados.

Como preparo tudo
É muito importante retirar todos os acessórios do bichinho. Isso vale para roupinhas, fitas, laços, sapatos e demais adereços. O problema é que o material desses itens costuma desbotar e pode manchar a pelúcia do brinquedo. É importante também avaliar a qualidade do bichinho. Se for muito baixa, ele pode não resistir a uma lavagem, além de colocar em risco a saúde do seu filho. Nesse caso, o melhor seria se desfazer do produto.

A lavagem na máquina
Depois de retirar todos os acessórios do bichinho, providencie um daqueles sacos de lavar roupas delicadas. Se não tiver, você pode amarrá-lo em uma fronha mesmo. Além de evitar o atrito com as pás da máquina, impede que partes do produto se percam ou danifiquem a lavadora. Em seguida, coloque o bichinho na máquina e selecione o modo suave de lavagem. Pode aplicar o sabão em pó do dia a dia.

Terminado o trabalho da lavadora, deixe o brinquedo em local arejado à sombra. A secagem ao sol é menos eficiente e deixa o produto com odor de tecido úmido. Atenção: tenha paciência, essa secagem pode demorar dias.

A lavagem a mão
Ao tirar roupinhas e adjacentes, molhe delicadamente o bichinho, sem encharcá-lo. Evite o contato de partes fixas feitas de tecido colorido com a água. Eles podem soltar tinta e manchar a pelúcia. Use um sabão neutro – o de coco é uma boa opção. Coloque-o em uma bacia ou balde com água.

Algumas mães usam escovas delicadas, esponjas ou buchas, mas o ideal é ensaboar o produto com a mão mesmo. Enxágue com delicadeza, evitando molhar o miolo. Retirado o sabão, jamais torça o brinquedo, pois isso pode desfigurá-lo. No máximo, pressione a pelúcia levemente para tirar o excesso de água. Por fim, deixe secar à sombra, de preferência em dias de muito sol.

Atenção à secagem
A secagem é uma etapa essencial da lavagem de bichos de pelúcia. Se o brinquedo ficar úmido, pode atrair fungos e causar problemas de saúde ao seu filho. Além disso, costuma apresentar um cheiro insuportável. Os raios solares são ótimos aliados de bichos de pelúcia, mas apenas quando estão secos no quarto. Nesse caso, sempre que possível, vale a pena deixá-los ao sol. Porém, depois da lavagem, o brinquedo deve ficar à sombra em local arejado. Caso contrário, as chances de ele ficar com odor forte são grandes.

Para eliminar os ácaros
Uma dica pouco ortodoxa para quem quer eliminar totalmente os ácaros do bicho de pelúcia é colocá-los no refrigerador depois da lavagem. Use um saco plástico limpo para embalá-lo – os melhores são os que podem ser fechados a vácuo. Deixe de um dia para o outro. Será o suficiente.

Bichinho de dormir
Muitas crianças adotam bichos de pelúcia como objetos de transição para se sentirem mais seguras na hora de dormir sozinhas. A não ser que estejam realmente muito encardidos, eles não devem ser lavados porque o cheiro é uma referência importante para o bebê.

Bjks fofinhas,
Aline

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Sal não é só para cozinhar


Ele também serve para ajudar na limpeza de casa. Confira 10 truques que facilitam a vida doméstica


Você sabia que é possível fazer quase toda a faxina com um punhado de sal? Além de ajudar a tirar as manchas e o mofo de pisos e azulejos, ele elimina o cheiro ruim que pode ficar em algumas partes da casa. Aprenda com AnaMaria a preparar receitas caseiras de limpeza à base de sal. Os produtos que você fizer com esse ingrediente poderão substituir os que você compra no supermercado.

10 truques de limpeza

Arear a pia
Uma pasta de aguarrás e sal tira o amarelado do esmalte de pias e vasos sanitários. Aplique-a, deixe descansar por 15 minutos e retire com uma esponja úmida.

Conservar os móveis da sala
Para acabar com manchas amarelas nos móveis de vime, esfregue-os com uma escova dura umedecida em água salgada. Deixar secar ao sol. O sal também tira manchas feitas por água
ou prato quente em móveis de madeira. É só passar em cima do local um pano macio com uma pasta fina de óleo de cozinha e sal.

Manter o piso brilhante
Passe um esfregão no piso frio com ½ xícara (chá) de sal dissolvido em 1 balde de água morna. Depois, enxágüe bem.

Tirar aquele mofo do azulejo Lave os azulejos com 1 litro de água morna misturado com ¼ de xícara (chá) de sal, ½ de amônia e
½ de vinagre branco. Nas manchas mais difíceis, faça uma pasta de água com sal ou bicarbonato de sódio.

Purificar o filtro de água Esfregue sal na vela para deixá-a bem limpa, sem aqueles pontos de limo.

Arear as panelas
Coloque um pouco de sal na esponja e esfregue o alumínio. Para limpar marcas de queimado, salpique sal, umedeça com água morna e lave só depois de algumas horas.

Renovar a cor do tapete
Manchas de gordura são eliminadas com uma mistura de 1 parte de sal para 4 partes de álcool. Esfregue bastante e enxágüe com muita água. Para tirar o cheiro ruim, espalhe sal ou bicarbonato. Aspire em seguida.

Manter as flores artificiais
Coloque os arranjos em um saco plástico, despeje um pouco de sal e sacuda com força. Depois de lavadas, as cores do plástico ficarão bem mais vivas.

aqui

Bjks,
Aline

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Como cumprir as resoluções de ano novo

Começa um novo ano e, com isso, prometemos mundos e fundos em prol de uma vida melhor. Porém, a experiência vem mostrar que no decorrer dos 12 meses muita coisa se perde no caminho... vi o texto abaixo e achei bem interessante compartilhar as dicas para não desistirmos do que desejamos fazer nos 365 dias de 2011.

Veja lá:

  • Defina poucas metas ou resoluções. Fica mais fácil mantê-las no foco 
  • Coloque tudo no papel. O simples fato de escrever reforça o compromisso. Mantenha anotações atualizadas em sua agenda ou organizador pessoal. 
  • Coloque lembretes em sua agenda, distribuídos pelos próximos meses. Use alarmes se possível. 
    Não possui agenda? Compre uma. Isso é fundamental.  
  • Marque uma data. Resoluções sem data definida para acontecer têm uma grande possibilidade de não se realizarem. Defina sempre quando 
  • Escreva um "passo a passo".Junto com a definição da sua resolução, escreva as tarefas necessárias ou como pretende fazer aquilo acontecer. Por exemplo, se sua meta for, Viajar para Itália no final do ano que vem. Você deve: 1.ligar para uma agência de turismo e saber preços e condições, 2.se não tenho dinheiro, definir quanto economizar por mês e abrir uma aplicação específica para isso, 3. etc,etc,etc. 
    Desta forma sua resolução terá mais chance de dar certo
     
  • Pense à frente. Não faça sua resolução no dia do ano novo apenas. Feito desta forma a resolução irá refletir apenas um momento particular. Tente separar um tempo calmo e tranqüilo, com antecedência. 
  • Seja realista. Defina metas e objetivos que possam ser cumpridos. Não adianta, por exemplo, resolver que nunca mais irá comer aquela caixa de chocolate preferida, esta pode ser uma má escolha. 
  • Seja Persistente. Especialistas afirmam que são necessários 21 dias para que uma nova atividade, como se exercitar, por exemplo, se torne um hábito, e seis meses para que se torne parte de sua personalidade. 
  • Continue tentando. Se sua resolução parece ter ido por água abaixo ainda no início de fevereiro, não se desespere. Veja o que não deu certo, o que precisa ser revisto e comece novamente. Na verdade, não há nenhuma razão para que você não possa fazer uma nova resolução de ano novo a qualquer época certo?


Feliz 2011!!

segunda-feira, 17 de janeiro de 2011

Dicas de como eliminar ou afugentar as traças

1) Limpe cuidadosamente toda sua casa. Dedique especial atenção para locais escuros e escondidos. É justamente nesses pontos que você encontrará maior concentração de traças;

2) Coloque saquinhos com serragem de cedro dentro dos armários e recintos visitados pelas traças. Além de combater as traças, a serragem de cedro evita cheiros de mofo. Grãos de pimenta-do-reino também ajudam.

3) Cascas de limão secas e alguns cravos-da-índia espalhados pelas roupas do armário afugentam esses insetos. Muitos usam saquinhos de lavanda para esta finalidade;

4) Como parte da "operação varredura", assim que detectar uma traça, apele imediatamente para a vassoura, o aspirador de pó ou então, retire-a com o auxílio de um pequeno pedaço de papel. Não permita que qualquer traça continue a decorar sua parede, dependurada em solene tranqüilidade triunfante diante do seu imobilismo.


Vi aqui

Bjks,
Aline

quinta-feira, 13 de janeiro de 2011

Desfrute um Novo Começo



Contigo, porém, está o perdão (justamente que o homem precisa), para que te temam.
Salmos 130.4


As pessoas algumas vezes me dizem: “Fiz algo errado, e não sei se Deus poderá me perdoar”. Mesmo quando cometemos erros graves, há sempre um lugar de perdão e um novo começo em Cristo. Quando temos um novo começo com Cristo, não temos de lamentar mais sobre o passado. Temos de apenas nos arrepender e seguir em frente. Não precisamos nos arrepender repetidamente pela mesma falta.
Se você conhece o caráter de Deus, sabe que Ele lhe perdoará por qualquer pecado, não importa quão terrível seja, porque para Ele pecado é pecado. Lembre-se: Deus pode fazer um milagre a partir de um erro. Se você precisa de perdão hoje, simplesmente confesse ao Senhor o que fez e desfrute seu novo começo (veja 1 João 1.9). Isso se inicia no momento do perdão.

Joyce Meyer




Deus abençoe á todos,
Aline

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Conheça os tipos de pele e os principais cuidados com cada tipo



Usar o produto errado pode causar alergias e outros danos mais graves à sua pele. Por isso, é importante saber qual tipo de pele você tem antes de comprar um produto e sempre seguir a recomendação de um profissional.

Os especialistas afirmam que existem 4 tipos de pele. O dermatologista Agnaldo Mirandez, diretor da Clínica de Estética e Dermatológica Perfetta e Membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, cita as principais características de cada uma:

Pele Normal: Macia, lisa e com poros não visíveis. Em geral não necessita de cuidados exagerados. Faça a limpeza diária com um sabonete suave. Os cosméticos devem ser indicados para pele normal, geralmente são mais fáceis de encontrar.

Pele oleosa: Espessa, com poros dilatados, brilho excessivo e tendência a apresentar cravos e espinhas. É mais propensa a rugas profundas e tardias. Merece um cuidado especial que retire e controle essa oleosidade. Esfoliar uma vez por semana para retirar a camada de gordura, usar sabonetes de ácido salicílico, adstringente, protetor e hidratante com ausência de óleo (oil free). Na hora de fazer a maquiagem, prefira bases líquidas.

Pele Seca: Fina, descama com facilidade, tem poros não visíveis e irrita-se com facilidade. É mais sujeita a manchas, marcas de expressão e rugas finas e precoces. Necessita de hidratação intensa. Os sabonetes usados para a limpeza devem ser suaves e os tônicos, sem álcool. Prefira hidratantes e protetores poderosos com uréia ou lactato de amônia. As bases cremosas são a opção para a maquiagem.

Pele Mista: Tem áreas oleosas e outras secas. No rosto, a oleosidade aparece na zona T (testa, nariz e queixo). É a mais comum de todas as peles e a oleosidade deve ser retirada apenas da zona T. Na hora da limpeza procure por produtos específicos para pele oleosa, como sabonetes de limpeza profunda.

Confira as dicas:
“Toda pele deve ser higienizada duas vezes ao dia: de manhã e a noite antes de dormir. Após higienizar e tonificar, pela manhã, use um filtro solar. A noite, a partir dos 25 anos, deve-se usar um contorno dos olhos e um nutritivo ou um produto anti envelhecimento. Lembrando que todos os cosméticos devem ser próprios para cada tipo de pele”, explica Analícia Mirandez, esteticista e supervisora técnica da Clínica Perfetta.
Para tirar a maquiagem, pode utilizar produtos em loção, creme ou espuma. O demaquilante e o tônico não devem conter álcool, para não desidratar a pele. Isso pode causar um envelhecimento precoce. Por serem mais espessos e oleosos, os cremes devem ser usados apenas para pele seca.
O dermatologista Agnaldo Mirandez deixa outras dicas básicas que devem ser seguidas diariamente:
  • beber bastante água
  • comer frutas, legumes e verduras
  • evitar banhos muito quentes
  • usar protetor solar, mesmo no inverno.
Mais informações em: www.dermatologiaperfetta.com.br

Bjks,
Aline

segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Pós-parto? Tire todas as suas dúvidas…



Ainda não passei por isso (Eu disse AINDA! Ahahah), mas sei que esse post ajudará a tirar as dúvidas de muitas mulheres.


Então, lá vai:

Meu bebê nasceu e eu perdi o desejo sexual. Por quê?
É normal. São as alterações hormonais da gravidez, que mexem com seu organismo, até alguns meses depois do nascimento do bebê. É só uma fase. Logo, tudo voltará ao normal.

Depois de quanto tempo após o parto, posso ter relações sexuais?
Geralmente, recomenda-se esperar até 40 dias para retomar a vida sexual, a não ser que tenha ocorrido alguma complicação, como infecções, hemorragia, lesão do períneo, entre outras. Converse com seu médico sobre o assunto.

Que cuidados em relação à saúde devo tomar logo após o parto?
Beba, pelo menos, dois litros de água por dia. Se preferir, reveze com chás e sucos de frutas. É importante para o funcionamento dos rins, do intestino, para hidratar a pele e auxiliar na produção do leite materno.

Que medicamentos devo evitar para não prejudicar a amamentação?
Principalmente antibióticos, antidepressivos, fórmulas de emagrecimento e tratamentos estéticos com enzimas. Só tome remédios com recomendação médica.

Depois do parto, quando devo ir ao ginecologista?
Normalmente, a primeira consulta é feita sete dias após o parto. Os exames de rotina e o preventivo (Papanicolau) podem ser feitos 45 dias depois.

Quais são os métodos anticoncepcionais mais indicados no pós- parto?
As mini-pílulas, implantes, e, após o terceiro mês, as pílulas combinadas. O DIU e os implantes cutâneos podem ser colocados depois de 45 dias. Todos podem ser usados durante o período de amamentação.


A higiene íntima, depois do parto, requer cuidados especiais?
Não, apenas cuidados com a higiene na região do períneo, pois há sangramentos que persistem por até quarenta dias.

Que cuidados devo ter com o corte da cesariana?
Depois de lavar com água e sabonete neutro, mantenha o local seco e descoberto.

Posso voltar a dirigir assim que o bebê nascer?
Não importa se o parto foi normal ou cesariana, é interessante esperar, pelo menos, duas semanas, devido ao processo de cicatrização tanto de um tipo de parto, quanto de outro.

Quando minha menstruação voltará?
Até 45 dias após o parto, pode haver sangramento. Depois, a menstruação descerá naturalmente.

A amamentação é método seguro para impedir uma nova gravidez?
Não. A partir do segundo mês você pode ovular e engravidar novamente, daí a necessidade de usar algum métodp anticoncepcional.

Quero dois filhos, um em seguida do outro. Quanto tempo preciso esperar para engravidar novamente?
O ideal é esperar de seis meses a um ano.


Tenho varizes e receio que elas aumentem. O que posso fazer?
Use meias elásticas, faça massagens, drenagens linfáticas e exercícios para melhorar a circulação.

Que alimentos ricos em ferro devo ingerir depois do parto?
Carnes vermelhas, ovos, principalmente gemas e vísceras (fígado, coração), legumes, vegetais de cores escuras e beterraba. Suco de laranja ou limão, junto com esses alimentos, facilitam a absorção do ferro.


Por que se diz que mulheres que estão amamentando, precisam de muito cálcio?
Porque é a mãe que transmite para o bebê a matéria-prima necessária para o crescimento dele, por isso, ela precisa se reabastecer de cálcio.

Estou amamentando e engordei muito na gravidez. Posso fazer dieta?
Não é aconselhável. A própria amamentação já ajuda muito, pois amamentar gasta calorias. Se sua alimentação for equilibrada, você emagrecerá normal e gradualmente.

Quantas calorias devo ingerir para não comprometer a qualidade da amamentação?
Em torno de 1.800 a 2.000, desde que você não tenha engordado além do esperado durante a gravidez.

Estou amamentando. Devo evitar algum tipo de alimento para o bebê não ter alergia ou cólicas?
Não há comprovação de que alimentos ingeridos pela mãe possam provocar reações no bebê, mas é bom observar como ele reage ao ingerir um alimento novo.

Em quanto tempo meu corpo voltará ao normal?
Depende. Se você, durante a gravidez, engordou até 12 kg, voltará ao seu peso, mais rapidamente. Se ultrapassou, levará mais tempo.

Quando se pode voltar às atividades físicas depois de um parto normal?
Se o médico der o sinal verde, depois de 30 dias. Comece com caminhadas leves e vá, aumentando, gradativamente, os exercícios.

Fiz cesariana. Quanto tempo devo esperar para voltar a fazer exercícios físicos?
Espere 40 dias e faça uma avaliação com seu médico. Tudo depende da cicatrização, mas os exercícios físicos, de uma forma plena, só serão liberados após 60 dias do parto.


Como eliminar as estrias da barriga e dos seios?
Você deve hidratar cada região do seu corpo com óleos a base de uréia, aloe vera e amêndoas.

Meu cabelo está caindo. Por quê?
Porque os hormônios femininos estão muito baixos. Em média, dois meses, após o parto e mesmo que você esteja amamentando, o equilíbrio hormonal volta à normalidade.


Parei de amamentar e ainda não menstruei. Quando volta a menstruação?
Depende do organismo de cada mulher. Pode acontecer entre um mês e um ano, mas, por outro lado, não é raro que algumas mulheres menstruem enquanto amamentam.


Depois que meu filho nasceu, vivo angustiada, insegura, sensível demais e choro sem motivo. O que é isso?
O quadro é típico da depressão pós-parto. Seu corpo passou por transformações profundas e com as mudanças hormonais apresenta algumas dificuldades de se adaptar à nova fase. Deve passar naturalmente, mas o sofrimento que provoca é real e você precisa ser ajudada. Muitas vezes um psicoterapeuta pode dar um auxílio precioso.


O que é puerpério?
Puerpério é o período logo após o parto. É também conhecido como pós-parto ou resguardo. Dura em torno de seis a oito semanas e só termina com o retorno da menstruação.

Devo usar cinta e sutiã assim que o bebê nascer?
O uso diário do sutiã proporciona maior sustentação das mamas e previne a flacidez. Quanto às cintas, o uso é opcional, mas não apresenta contra-indicações, devendo apenas ser evitado o desconforto pelo uso excessivamente apertado.

Após o parto, sentirei alguma dor?
Após o parto, o útero continua a se contrair. Isso é necessário para evitar o sangramento excessivo. Na maioria das vezes, estas contrações são indolores, mas algumas mulheres sentem como se fossem cólicas, que podem ser intensas principalmente durante a amamentação. Se for assim, converse com o seu médico.

Meus seios ficaram extremamente sensíveis. É normal?
Sim. No pós-parto as mamas ficam muito sensíveis, devido às mudanças hormonais para a produção de leite.

É aconselhável o uso de meias elásticas?
Sim, é uma boa medida, pois ajudam a prevenir o inchaço das pernas.



Artigo de www2.uol.com.br/topbaby

Bjks,
Aline

sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

É dia de faxina em casa - Queime calorias e obtenha mais 4 benefícios!

É você quem faz faxina em sua casa? Se a resposta for não isso é ótimo, pois significa que você está em uma situação financeira pelo menos razoável e dá emprego a alguém, o que é fantástico. Porém, se a resposta for sim, isto está longe de ser uma tragédia, pois você pode conseguir benefícios nessa tarefa.

Não, eu não estou enlouquecendo. Antes de mais nada, coloque uma roupa confortável e um par de luvas de borracha, afinal você não quer estragar suas unhas não é mesmo? Depois disso, ligue o som, de preferência suas músicas preferidas. Então, xô desânimo, respire fundo, não faça a cara da moça da foto e, mãos à obra. Lembre-se que no final você vai poder curtir sua casa limpinha e perfumada.



Veja abaixo os benefícios que você pode ter.

Queimando calorias: Varrer, lavar a roupa e o quintal, passar pano no chão, limpar janelas, lavar quintal, passar a roupa, ufa! Você ainda duvida que isso queima calorias? E com o som ligado você poderá fazer tudo isso cantando e até dançando, ou seja, mais calorias queimadas. É uma verdadeira ginástica em casa.

Injeção de ânimo: Quando agente “mexe o corpo”, substâncias como endorfinas, são liberadas na corrente sanguínea e atuam no organismo nos dando sensação de prazer e bem-estar.

Ambiente 100% limpo: Não há quem não concorde, ninguém limpa nossa casa como nós mesmas. Quando outra pessoa faz a limpeza em nosso lar, sempre enxergamos um ou mais defeitos, é inevitável. Portanto, ao término da terefa você saberá que tudo está impecável e se sentirá satisfeita com isso.

Banho: Você já reparou que o ato de tomar banho parece ficar ainda melhor quando você está se sentindo exausta e muito suada? Parece até que lava a alma. Além disso, como você estará com calor, não deixará a água do banho muito quente, o que só trará benefícios à sua pele e cabelos.

Relaxamento: Após tudo isso, inclusive o banho, você se sentirá bastante relaxada. Pois você trabalhou inúmeros músculos nessa empreitada.

Viu como você pode ser feliz limpando sua casa? Então, da próxima vez que for executar essa, convenhamos, árdua tarefa, lembre-se desse artigo, respire fundo e aproveite! Ah! Só mais uma coisinha: Que bom que existe a máquina de lavar roupas.

Fonte

Bjks,
Aline

quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Varal Fenomenal



* Retire as roupas da máquina e dê uma boa esticada nas peças para evitar o aspecto amassado e o aparecimento de muitos vincos. Vire-se do avesso e pendure-as no varal.
* Peças pesadas necessitam de um tempo maior de exposição. O sol é uma boa, pois ajuda a eliminar todos os resquícios de alvejantes e outros removedores de manchas.
* Pendure calças pelas pernas, camisa pelas mangas e meias pelos dedos, junto ao seu respectivo par.
* As roupas que serão passadas devem ser retiradas do varal quando ao tocá-las sentir que ainda estão úmidas. Já as outras podem ficar um tempo a mais . Cuidado para não exagerar ou a longa exposição pode deixar um aspecto de queimado nas peças.

Encontrei as dicas aqui

Ps. Aqui no Rio chamamos de corda. (" -Xi, tá chovendo. Deixa eu correr pra tirar minhas roupas da corda").
Ehehehe!

Bjks,
Aline

domingo, 2 de janeiro de 2011

Insolação, micose e doenças para evitar durante o verão.



Todo verão é a mesma história. Uma micose aqui, um início de cistite, uma insolação que você contraiu por descuido, uma intoxicação alimentar, bicho geográfico... Muito chato, não é mesmo?

Que tal, então, fazer do verão 2011 um verão mais saudável? Com certeza é uma boa ideia. Confira algumas dicas para, mais do que tratar, saber se prevenir das “doencinhas de verão”.
1- Insolação
Além de fazer mal a nossa beleza e à saúde da nossa pele, a exposição excessiva ao sol intenso também causa insolação, que pode provocar intensa falta de ar, dor de cabeça, náuseas, tontura, fraqueza, irritabilidade, temperatura do corpo elevada, pele quente, avermelhada e seca, extremidades arroxeadas e até mesmo a inconsciência.
Porém, ao contrário do que muitos pensam, é possível ficar com insolação mesmo sem estar diretamente exposto ao sol. Isso porque a areia ou o asfalto, por exemplo, refletem o sol e, desse modo, aumentam a temperatura da pessoa pelo calor.
É muito comum que a pessoa com insolação apresente queimaduras (pele bastante vermelha e ardida) e, quando em estágios mais avançados e graves, apresentem bolhas na pele.
Ao primeiro sinal de insolação, ou de mal estar pelo calor ou exposição direta ao sol, é aconselhado que a pessoa procure a sombra, além de se hidratar de forma adequada. Em casos graves de queimadura e de aumento da temperatura corporal, é necessário procurar o atendimento médico. Evitar tomar sol entre 10h e 17h, no horário de verão e evitar fazer exercícios físicos sob o sol nessas horas é também uma medida bastante sábia. Use também protetor solar FPS 60 pelo menos 15 minutos antes da exposição do sol, repetindo a aplicação a cada duas horas.
2- Desidratação
A desidratação é muito comum no verão, quando perdemos mais líquidos e sais minerais por causa, principalmente, do nosso aumento da transpiração. Normalmente, perdemos em média 2,5 litros de água por dia, seja pela urina, fezes, suor ou até mesmo pela respiração.
Uma pessoa desidratada tem bastante sede, fica muito tempo sem urinar, apresenta a boca e as mucosas secas, fica com os olhos ressecados e fundos e também mais irritada.
Para evitar a perda excessiva de líquidos, prefira locais arejados e com sombras, use roupas leves, e não esqueça de ingerir constantemente líquidos. É importante também estar atento aos alimentos consumidos.
Uma alternativa bastante utilizada para acabar com a desidratação é o soro caseiro (uma colher de chá de açúcar e uma colher de café de sal em um litro de água). A pessoa desidratada deve tomá-lo a cada 20 minutos e, após cada evacuação, no caso de diarréia. Se os sintomas não desaparecerem, consulte um médico o mais rápido possível.
3- Intoxicação alimentar
Principalmente no verão devemos ficar mais atentos à higiene e à conservação dos alimentos. É muito comum que as pessoas se alimentem na praia, nas barraquinhas, ou que até mesmo não conservem os alimentos sob local fresco e arejado. Além disso, os peixes e outros petiscos que ficam expostos por longos períodos à temperatura ambiente também acabam sendo muito perigosos.
A consequência desse conjunto de falta de cuidados é a intoxicação alimentar, que a pessoa adquire ao ingerir alimentos contaminados por microorganismos nocivos que afetam diversos tipos de alimentos.
Os principais sintomas são a diarréia ou um simples desarranjo intestinal, náuseas, vômitos, febre, cefaléias e, até mesmo, desidratação grave. Esses sintomas podem durar poucos dias, nos casos menos graves, em que um dia de repouso e a ingestão de uma grande quantidade de água ou de sucos, podem resolver. Nos casos mais graves, é necessário procurar um médico.
Atenção redobrada com os peixes e carnes em geral, que, geralmente, são mais suscetíveis à ação do meio e ao calor.
4- Cistite
Entrar no mar ou na piscina e passar um dia inteirinho de biquíni molhado é a principal causa de cistite. A umidade e o calor excessivos, junto com a falta de higiene, acabam formando um cenário perfeito para a cistite, que, nada mais é, do que uma doença inflamatória ou infecciosa da bexiga bastante comum em mulheres.
Os principais sintomas são: dor para urinar, ardência, urina amarela escura e turva ou até com sangue.
Para evitá-la nesse verão, alguns cuidados são bastante válidos:
- Não permaneça muito tempo de biquíni molhado. Tenha sempre um seco em mãos para efetuar a troca quando sair da água.
- Evite passar bastante tempo com absorvente interno e, sempre que possível, prefira os tradicionais.
- Não prenda o intestino e sempre vá ao banheiro quando tiver vontade.
- Jamais sente diretamente sem proteção, que pode ser uma canga ou um shorts, na areia.
- Após urinar, procure limpar o locar com papel higiênico neutro, no sentido de frente para trás, ou seja, da barriga para o bumbum.
5- Conjuntivite
No verão, deve-se ficar atento a essa doença, que é uma inflamação da conjuntiva ocular e, em geral, ataca os dois olhos, podendo durar de uma semana a quinze dias. É normalmente bastante contagiosa.
Os principais sintomas da conjuntivite são olhos vermelhos e lacrimejantes, devido à dilatação dos vasos sanguíneos locais, inchaço do olho ou pálpebra, devido ao acúmulo de líquido no local, sensação de areia ou de ciscos nos olhos; aumento do lacrimejamento com a presença de secreção purulenta e, às vezes, dor no local dos olhos.
Para evitar a conjuntivite, siga algumas dicas:
- Evite abrir os olhos debaixo da água;
- Evite coçar os olhos e não mexa neles antes de lavar as mãos;
- Não compartilhe materiais de higiene pessoal;
- Não passe muito tempo com lentes de contato e higienize-as muito bem;
- Não mantenha contato com pessoas com a doença, pois ela é contagiosa.
Já o indivíduo que já estiver contraído conjuntivite, deve:
- Lavar as mãos frequentemente;
- Evitar aglomerações ou frequentar piscinas de academias ou clubes;
- Lavar com frequência o rosto e as mãos uma vez que estas são veículos importantes para a transmissão de microorganismos patogênicos;
- Não coçar os olhos;
- Aumentar a frequência com que troca as toalhas do banheiro e sabonete ou usar toalhas de papel para enxugar o rosto e as mãos;
-Trocar as fronhas dos travesseiros diariamente enquanto perdurar a crise;
- Não compartilhar o uso de esponjas, máscara de cílios, delineadores ou de qualquer outro produto de beleza;
- Evitar contato direto com outras pessoas;
- Evitar usar lentes de contato durante esse período;
- Lavar os olhos e fazer compressas com água gelada, que deve ser filtrada e fervida, ou com soro fisiológico;
- É também importante que essa pessoa não se automedique e, se achar necessário, consulte um oftalmologista.
6- Bicho geográfico
O bicho geográfico se aloja na pele para alimentar-se do sangue e para colocar seus ovos. Ele pode se alojar em qualquer parte do corpo, mas é mais comum na região próxima às unhas.
Os sintomas iniciais são leves coceiras no local, que podem evoluir para quadros mais graves. O ideal é que se procure um médico para fazer a remoção do bicho geográfico, também conhecido como bicho de pé, que traça um caminho sob a pele até ser eliminado.
7- Micoses
Talvez a “doencinha de verão” mais comum, a micose é favorecida pela umidade e pela nossa transpiração. Na realidade, a micose nada mais é do que uma doença causada por fungos e que pode ser adquirida na praia ou nas piscinas.
De acordo com Guilherme de Almeida, dermatologista do Hospital Sírio Libanês, as micoses podem afetar qualquer pessoa, pois em contato com a pele úmida, os fungos se desenvolvem rapidamente. No verão, é mais comum o aparecimento dessa doença nas virilhas, nos pés e nas unhas.
No pé, a micose mais frequente é a frieira, que ocorre entre os dedos e, quando não tratada, pode facilitar a entrada de germes na perna provocando erisipelas. Além disso, com o passar do tempo a frieira provoca mau cheiro.
Ainda segundo Guilherme, o primeiro sintoma é quase sempre uma pequena lesão vermelha, evoluindo mais tarde para uma escamação contínua e uma coceira mais intensa, que pode se agravar com o estresse e exposição solar.
“Ao contrair micose, deve-se procurar um dermatologista e jamais se automedicar”, finaliza o dermatologista.
Algumas dicas para evitar micos(es) no verão:
- Evite andar descalçado em pisos úmidos ou públicos;
- Não compartilhe toalhas;
- Procure não utilizar lava-pés de piscinas e saunas;
- Evite equipamentos profissionais de uso comum (bota, luva, etc.);
- Não coloque roupas e calçados de outras pessoas;
- Só use alicates de cutícula, tesouras e lixas esterilizados;
- Evite meias que não sejam de algodão;
- Seque bem as regiões úmidas após o banho ou após o esporte;
- Não use calçados fechados por muito tempo.
- Faça o pé pelo menos três dias antes de pisar na areia. Unhas sem cutícula e pés lixados são portas abertas à entrada de fungos, vírus e bactérias;
- Na hora do corte das unhas, é melhor optar pelo reto, para não encravar;
- Durante a temporada na praia ou piscina o ideal é que seja feito apenas uma manutenção nas unhas. Lixe-as, hidrate a cutícula, passe uma base e troque a cor do esmalte;
- Evite usar lixa na sola dos pés. Apesar de retirar calos ela elimina a proteção que a sola oferece;
- Passe um creme esfoliante todos os dias e de preferência um creme hidratante à noite após o banho é bem interessante. Isso será suficiente para retirar células mortas e garantir pés macios.

Do R7


Bjks e um excelente 2011! Deus abençoe a todos!


Aline