Read in your language

sábado, 31 de dezembro de 2011

Um novo ano 2012 vezes mais feliz!



Hoje é o último dia do ano!
2011 passou tão rápido que parece que foi ontem que estávamos desejando Feliz Ano Novo.
Com toda certeza muitas coisas aconteceram em sua vida. Coisas boas, outras nem tanto, mas creio que tudo foi experiência, aprendizado e crescimento. Porém quero deixar uma pergunta:
Você colocou Deus em primeiro lugar na sua vida e nas suas decisões? Ou será que o deixou mais uma vez como uma bengala , que você só a usa quando precisa ?

Hoje é um dia especial para fazermos essa reflexão. Pense naquilo que você planejou e não concluiu, reveja seus conceitos e valores, e deixe esse novo ano ser totalmente dirigido por Deus e não pelo seu querer.

Prometa só aquilo que você sabe que vai cumprir.

E que em 2012 tudo seja realmente novo em sua vida , na vida das pessoas que você ama...Que o brilho de Deus em você reflita em todos ao seu redor.

Vamos crer que esse ano vamos materializar os nossos sonhos, pois o nosso Senhor Jesus é o maior interessado em nos abençoar, em nos ver felizes!


E eu desejo a vocês que o ano que está para começar seja 2012 vezes mais feliz do que o que está terminando hoje. Em todos os sentidos!


Jesus em 1º lugar no coração é garantia de felicidade pra sempre!

Muito amor,

Aline

Ps. Pleaseee, continuem nos prestigiando em 2012. Vai...digam que sim...  Siiiiiiim (Quico do Chaves Feelings)
Ahahahah! Bjks.

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Minhas contribuições para a ceia

Oi gente!

Comeram muito no natal? Eheheh! Eu comí o suficiente (digamos assim) kkkk.
Bom, como todos os anos a ceia foi na casa da sogrita e eu colaborei com dois pratos: um salgado e um doce.
Vou passar as receitas pra vocês.

Fricassé de frango




Ingredientes

    1 lata de creme de leite
    1 lata de milho verde
    1 copo de requeijão cremoso
    1 peito de frango desfiado (grande)
    100 g de batata palha
    1 xícara do caldo do cozimento do frango
1 cubo de caldo de galinha (eu usei aquele potinho Knorr de galinha)
    1 pitada de sal

Modo de Preparo
Bata no liquidificador o milho, o requeijão, o creme de leite e o caldo do frango.
Refogue o creme do liquidificador com o frango desfiado,o cubo de caldo de galinhae o sal até ficar com uma textura espessa
Coloque o refogado numa assadeira, e espalhe a batata palha por cima
Leve ao forno até borbulhar
Sirva com arroz branco

Obs. Se quiser pode usar ervilhas e azeitonas  no refogado. Também pode cobrir com mussarela, antes de espalhar a batata palha.

Pavê de Chocolate


Ingredientes
    2 pacotes de biscoitos maizena
    1 lata de leite condensado
    2 medidas da lata de leite de vaca
    1 colher e 1/2 de sopa de Maizena
    1 colher de sopa de manteiga
2 colheres de achocolatado
    1 gema de ovo peneirada


Modo de Preparo

    Em uma panela coloque o leite de vaca, a lata de leite condensado, a manteiga, a gema e a Maizena. Leve ao fogo e mexa até que vire um creme. No final acrescente o achocolatado e misture bem. Desligue o fogo e  reserve.
    Umedeça os biscoitos em leite e arrume em camadas em um refratário,
    colocando alternadamente entre camadas de biscoitos umedecidos e creme. Por último uma camada de creme e por cima salpique biscoitos de Maizena triturados. Leve a geladeira.

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Ps. Fotos meramente ilustrativas. Não consegui tirar fotos dos meus pratos. :o(

Espero que gostem e se quiserem se aventurar para a ceia de ano novo, recomendo!

Bjks,
Aline

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Como decorar sua mesa para as festas de fim de ano

 

Resumo

Uma ocasião especial como o Natal e Reveillon, em que reunimos a família e queridos amigos para celebrar, trocar presentes, desfrutar das delicias que compõem a mesa nesta época, deve ter uma ceia muito bem preparada nos mínimos detalhes. O estilo, as cores, a organização e a decoração da mesa são características essenciais para o sucesso da ceia de Natal e Ano Novo. Aprenda a decorar sua mesa para estas ocasiões.

Passos

1 - Toalha: a toalha de sua mesa de natal pode ser lisa ou colorida com motivos natalinos. Não se esqueça de engomar a toalha.
2 - Guardanapos: dê preferência a guardanapos de pano. Os guardanapos podem fazer contraste com a toalha ou ser do mesmo tecido. Exemplo: Para uma toalha verde, utilize guardanapos da mesma cor, vermelhos ou brancos.
3 - Se você optar pelos guardanapos de papel, envolva-os em uma fita. Cuidado para não apertar muito e amassá-los.
4 - Caso escolha uma toalha branca, utilize louça colorida para "quebrar o tom". Sempre alinhe as cores de acordo com o tom da decoração que escolheu para o resto da casa.
5 - Pratos e talheres: a louça branca é uma excelente opção, pois combina com qualquer tom que você tenha escolhido para a toalha. Caso seu serviço de jantar tenha um fio dourado ou prateado, utilize castiçais para combinar e dar um toque sofisticado.
6 - Copos e taças: prefira taças, pois se trata de um momento especial. Caso sua mesa tenha muitos elementos decorativos, dê preferências a copos ou taças simples e incolores. Caso a mesa esteja simples, utilize copos trabalhados.
7 - Velas, flores e castiçais: evite castiçais altos para não tampar a vista entre os convidados. Escolha velas inodoras de cor branca, vermelhas ou marfim, de acordo com a cor da toalha e do restante decoração. Você também pode substituir os castiçais por um conjunto de velas atadas com uma fita vermelha ou dourada.
8 - Caso você prefira um centro de flores, utilize flores naturais e sem perfume. Assim, o perfume não interferirá com o aroma da comida e bebidas.
9 - A utilização de frutas, frutos secos e pinhas em arranjos de centro é uma boa opção.
10 - Outro detalhe que valoriza a decoração de natal é o porta-guardanapo. Este objeto pode ser encontrado em diferentes formatos, como botinhas ou luvinhas, formatos que remetem o natal.

Importante

Uma mesa elegante não significa uma mesa muito cheia. Os brilhos não são dados pelo dourado, mas sim pelos tons de prata e por elementos de vidro ou cristal.

Dicas do Bem Simples


Bjks e boas festas!
Aline

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Limpeza diária do Fogão



É um fogão bem limpo que faz comida boa!

O fogão e o forno devem ser bem limpos todos os dias; a faxina resume-se a uma limpeza um pouco mais caprichada que a diária, na ocasião que você reservou tempo para isto.

Esponja e Sabão Neutro
Use somente esponja ou pano fino com água e sabão neutro. Use também água morna com bicarbonato de sódio para limpar o seu fogão.

Queimadores
• Os queimadores de gás também ficarão brilhando, se neles se pingar, enquanto ainda quentes, algumas gotas de limão, esfregando-os com esponja de aço e sabão de coco.
• Verifique sempre se os queimadores de gás estão desentupidos. Use para limpá-los palito de madeira ou fio de nylon.

Fogão Quente
Nunca jogue água enquanto o fogão estiver quente, pois mudanças bruscas de temperatura podem causar rachaduras no esmalte.

Limpeza do fogão por fora
Fogão de aço inox: Use um pano umedecido com álcool para remover manchas de água.
Fogão esmaltado: Limpe com um pano fino com água e sabão de coco. Seque bem.

Forno
Evite ao limpar o seu forno o uso de abrasivos, sprays e qualquer produto que contenha soda cáustica, que é tóxica, estragando a parte interna do forno e deixando resíduos prejudiciais à saúde.

Forno auto-limpante: Basta passar um pano úmido internamente. Passe muitas vezes até o pano sair limpo.

Forno cheirando a queimado: Se algo foi derramado no forno e ficou cheirando a queimado, primeiro retire as grades internas de metal cromado e em seguida coloque dentro do forno frio um prato com ½ xícara de chá de amoníaco. Deixe agir por algum tempo, enquanto estiver fazendo outras tarefas. Retire o amoníaco e lavenormalmente.

Grelha: Já que as grelhas do forno são removíveis, lave-as e retire a gordura.

Fogão é o coração de uma casa. Deve ser bem limpo todos os dias.

Ducas da Bebel Ferreira

Bjks,
Aline

domingo, 18 de dezembro de 2011

12 anos de felicidade


Ha 12 anos passados, eu vivia o meu último dia de solteira e primeiro dia de casada. Foi em 18 de dezembro de 1999 que caminhei pelo tapete vermelho, no corredor da Igreja Universal do Reino de Deus do Cesarão (RJ) rumo a minha felicidade, ao meu presente de Deus que me esperava no Altar.

Hoje completamos Bodas de Seda (ou ônix) (Obrigada Google pela informação, eheheh)

Obrigada Alexandre, por ser meu melhor amigo na Terra. Abaixo de Deus você é a pessoa que mais amo e com quem eu mais me importo! Se você está feliz, eu fico também. Se você se entristece, eu choro contigo. Mas principalmente... Não me conformo em te ver triste. Sempre será assim. Sempre tentarei te alegrar! Porque é assim que você age comigo. Sinto-me amada, admirada, respeitada e sei que faço parte de você (assim como você faz parte de mim). Sou sua maior fã! E você sabe que desse lance de fã eu entendo! :op

E Obrigada JESUS por me fazer a mulher mais amada e mais feliz de todo o Universo. Tudo isso é graças a Ti e somente a Ti eu rendo meus louvores e minha gratidão. Em Ti conheci o amor que jamais acaba.

Dedico a nós dois essa canção:
 


Para Tu Amor
Juanes

Para tu amor lo tengo todo
Desde mi sangre hasta la esencia de mi ser
Y para tu amor que es mi tesoro
Tengo mi vida toda entera a tus pies

Y tengo también un corazón
Que se muere por dar amor
Y que no conoce el fin
Un corazón que late por vos

Para tu amor no hay despedidas
Para tu amor yo solo tengo eternidad
Y para tu amor que me ilumina
Tengo una luna, un arco iris y un clavel

Y tengo también un corazón
Que se muere por dar amor
Y que no conoce el fin
Un corazón que late por vos

Por eso yo te quiero tanto
Que no sé como explicar lo que siento
Yo te quiero porque tu dolor es mi dolor
Y no hay dudas yo te quiero
Con el alma y con el corazón
Te venero hoy y siempre
Gracias yo te doy a ti mi amor
Por existir

Para tu amor lo tengo todo, lo tengo todo
Y lo que no tengo también, lo conseguiré
Para tu amor que es mi tesoro
Tengo mi vida toda entera a tus pies

Y tengo también un corazón
Que se muere por dar amor
Y que no conoce el fin
Un corazón que late por vos

Por eso yo te quiero tanto
Que no sé como explicar lo que siento
Yo te quiero porque tu dolor es mi dolor
Y no hay dudas yo te quiero
Con el alma y con el corazón
Te venero hoy y siempre
Gracias yo te doy a ti mi amor


Amando mais do que nunca,
Aline

sábado, 17 de dezembro de 2011

Feliz Aniversário Lúcia!



Hoje uma pessoa muito especial está completando mais um aninho de vida. E é pra ela que dedico essas humildes linhas:


A Amizade torna os fardos mais leves, porque os divide pelo meio.
A Amizade intensifica as alegrias,
elevando-as ao quadrado na matemática do coração.
A Amizade esvazia o sofrimento,
porque a simples lembrança do amigo é lenitivo
com jeito de talco na ferida.
A Amizade ameniza as tarefas difíceis,
porque a gente não as realiza sozinho.
São dois cérebros e quatro braços agindo.
A Amizade diminui as distâncias.
Embora longe, o amigo é alguém perto de nós.
A Amizade enseja confidências redentoras:
problema partilhado, percalço amaciado,
felicidade repartida, ventura acrescida.
A Amizade coloca música e poesia na banalidade do cotidiano.
A Amizade é a doce canção da vida e a poesia da eternidade.
O Amigo é a outra metade da gente.
O lado claro e melhor.
Sempre que encontramos um amigo,
encontramos um pouco mais de nós mesmos.
O Amigo revela, desvenda, conforta.
É uma porta sempre aberta em qualquer situação.
O Amigo na hora certa, é sol ao meio dia, estrela na escuridão.
O Amigo é bússola e rota no oceano, porto seguro da tripulação.
O Amigo é o milagre do calor humano que Deus opera no coração.


(Roque Schneider)

Lúcia, obrigada por sempre estar presente!
Você é especial e EU TE AMO!

Deus te abençoe e FELIZ ANIVERSÁRIO!

E claro, não poderia perder a oportunidade de te dedicar essa canção:



Doces Beijos,
Aline

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Evitar estrias na gravidez



As mulheres tem que ficar atentas a pele durante a gestação, principalmente para evitar as estrias . As estrias ocorrem quando a pele é muito esticada e as estruturas (colágeno e elastina) sofrem com a pressão, rompendo e dando origem a uma espécie de cicatriz.

Na gravidez, as estrias tendem a aparecer entre seis meses de gestação e as principais causas estão relacionadas à predisposição genética e ao ganho de peso excessivo. As áreas mais afetadas são muitas vezes a barriga e seios.
Dicas para prevenir as estrias

1: Não ganhar muito peso. Na gravidez é comum, natural e até necessário ganhar peso, mas cuidado para não perder a linha. Os médicos recomendam que as mulheres devem chegar a 40 semanas (nove meses), com um aumento de 9-12 kg a mais do que tinha antes de engravidar.

2: Use sutiã com alças largas para que os seios fiquem bem apoiados.
3: Escolha as calças de cintura alta, especialmente aquelas feitas para mulheres grávidas. Elas fornecem um suporte maior e à pele do abdômen, agradece

4:Use cremes hidratantes e propriedades nutricionais específicas para prevenir estrias, é uma grande ajuda para a pele desidratada.

Mas atenção: O uso desses cremes em algumas mulheres pode desenvolver um problema de pele chamado foliculite. É uma inflamação do folículo piloso (onde nasce o cabelo).

Esta inflamação é causada por produtos que criam uma área de oclusão dificultando a saida de suor e sebo. Neste caso, para de usar e consulte um dermatologista para orientá-lo sobre qual o melhor tratamento para você.


Receita caseira para prevenir estrias durante gravidez

1 fatia pequena de abacate
Um vidro de óleo de amêndoas de boa qualidade
1 ampola de Arovit (vitamina A)
Um hidratante para bebê.
Passar no corpo após o banho menos nos mamilos.

Fonte

Bjks,
Aline

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Receita de Farofa de Linguiça e Bacon de Natal



Receitinha fácil e muito gostosa para incrementar sua ceia de natal. 

Ingredientes

    2 colheres de sopa de manteiga
    1 colher de sopa de óleo
    1 cebola ralada
    100 g de linguiça fresca
    100g de bacon picado
    1/4 de xicara de ervilha em conserva
    1 e 1/2 xícara de chá de farinha de mandioca crua
    1 ovo cozido e picado

Modo de Preparo

Doure a cebola na mistura de manteiga e óleo.
Junte a lingüiça e o bacon refogue bem.
Junte a farinha na mesma panela com a gordura do bacon e da linguiça.
Adicione as ervilha e o ovo cozido, mexendo bem.
Sem deixar grudar no fundo da panela.
Desligue e o fogo, trasfira para uma tigela.
Sirva quente.

Obs: Eu DETESTO azeitonas, mas se vc gostar, fique à vontade para adiciona-las a receita. ;o)

Aprendi aqui ó .

Bjks e fiquem com Deus!


Aline

domingo, 4 de dezembro de 2011

Saiba como remover 38 tipos de manchas difíceis

 
 
Não há nada pior do que olhar para o tanque de lavar roupas e nos depararmos com uma pilha imensa de roupas sujas. Principalmente quando algumas estão com manchas de gordura, graxa, café, chiclete ou molho de tomate. O que acaba acontecendo é que perdemos um tempão tentando removê-las e as vezes terminando por danificar o tecido da roupa.
No post passado escrevi sobre as principais regras para remover manchas difíceis, como por exemplo, não deixá-la secar e limpá-la o mais rápido possível, descobrir o tipo de mancha que está no tecido, remover o máximo possível do agente causador da mancha antes de tratá-la com um produto removedor, entre outros.
Agora que você já sabe as providências que devem tomar e as regras básicas, darei dicas de como remover 38 tipos de manchas diferentes e como deve ser procedido com cada uma delas. Confira a seguir.

1. Manchas Oleosas, Gordura ou Graxas

Você pode tentar tirar com um detergente doméstico (de cozinha), mas use um
sem cor. Aplique sobre a mancha, esfregue com água, aguarde cerca de 3
minutos e ponha para lavar.
O talco também ajuda. Ele absorve parte da oleosidade. Aplique bastante talco sobre a mancha e deixe poralgumas horas. Depois lave bem. Se não tiver talco, tente farinha de trigo ou ainda um papel bem absorvente, pressionando bem com para tirar o excesso.
Existem alguns produtos de pré-lavagem nas prateleiras dos supermercados que podem ajudar bastante. Olhe no verso das embalagens e procure na composição um produto chamado “tensoativo”. Ele é ótimo para tirar esse tipo de mancha. O sabão de lavar roupas também tem este tensoativo, mas em menor concentração.
Em gorduras mais concentradas, você pode molhar uma escova de roupa em uma mistura de água e amoníaco e passar sobre a mancha. Repita a operação,
desta vez embebendo a escova em água e vinagre.
A margarina vegetal pode ajudar a tirar as manchas de graxa. A margarina tem certa oleosidade, mas não vai estragar a sua roupa.

2. Chiclete

Você pode colocar a roupa no congelador (dentro de um saco plástico) e
esperar o chiclete endurecer.Ele deve endurecer e sair com facilidade.
Se o freezer estiver cheio e não tiver lugar para a roupa, passe simplesmente uma pedra de gelo sobre a mancha.

3. Batom

Primeiro passe um tecido ou uma toalha absorvente para tirar o excesso. Cuidado para não espalhar ainda mais. Lave com detergente transparente ou
branco (aquele de cozinha mesmo) esfregando delicadamente.
Se não sair, deixe de molho com leite morno.
Se a mancha persistir, misture removedor com um pouco de detergente
neutro, esfregue a mistura na mancha suavemente e coloque para lavar.
Esfregar com álcool sobre o tecido também pode resolver o problema. Deixe outro tecido atrás para que a mancha seja transferida para ele.

4. Café

Além de o café ser meio que um corante natural, normalmente ele está quente,
o que ajuda a fixar a mancha. Aja rápido e lave com água bem quente (se
possível fervendo) e sabão até sair. Se não deu para lavar na hora, tente remover com um tecido molhado em glicerina (fazer o procedimento por meia hora) e depois lavar com água quente e sabão.

5. Cerveja

Passe algodão com álcool sobre a mancha e lave com água morna e sabão. Se não sair, tente aplicar água oxigenada sobre a mancha, aguarde alguns minutos e lave com água quente.

6. Esmalte de Unhas

Use a acetona ou o removedor de esmaltes e em seguida lave com água e sabão. Sempre coloque outro tecido atrás para que a mancha possa ser transferida.
Atenção - Não use a acetona sobre um tecido de acetato. Ela vai destruí-lo.

7. Chocolate

Tire o excesso na hora com um tecido ou com um papel bem absorvente, com
cuidado para não espalhar mais a mancha. Lave imediatamente com água e
sabão.
Se a mancha for antiga, deixe de molho em leite quente por umas duas horas e depois lave. Se não sair use álcool e esfregue delicadamente. Outra opção é aplicar glicerina sobre a mancha e lavar com água morna.
É muito mais difícil tirar uma mancha de fondue de chocolate se não agir na hora lavando com água e sabão. A mancha fixa muito mais com o chocolate ainda quente

8. Suco de Frutas ou Manchas de Frutas

Procure lavar na hora com água e sabão para evitar que a mancha fixe à roupa.
Se não puder lavar na hora, deixar de molho em água oxigenada, água e sabão e depois lavar com água quente e sabão é quase sempre suficiente, mas algumas manchas de frutas são mais difíceis de tirar.
Se a mancha não sair, deixe de molho em leite morno por cerca de uma hora e depois lave com água e sabão.
Algumas manchas mais profundas podem ainda resistir. Neste caso lave com vinagre branco e álcool.
As Manchas de banana podem ser retiradas também esfregando um pouco de
querosene no local. Cuidado para não esfregar demais ou pode desbotar o
tecido.

9. Molho de Tomate


Se possível tente lavar na hora com água e detergente de cozinha sem cor.
Você também pode tentar lavar com água, sabão e alguns daqueles produtos com “tensoativo” encontrados nas prateleiras dos supermercados (nós já falamos deles para tirar manchas oleosas e de gordura). Aplicar uma camada de talco no local ajuda a absorver o excesso. Você pode também utilizar amido em pó, deixando até secar bem e esfregando em seguida com escova.

10. Ferro de Passar

Se você usou o ferro muito quente sobre um tecido sintético, pode ser que
ele tenha fundido superficialmente (derretido como um plástico). Pode ser que não tenha solução. Experimente esfregar em diversas direções com uma escova de roupas de pontas duras até levantar novamente os “pelos” achatados e sumir com a diferença de tonalidade.
Se for uma fibra natural, use o vapor do próprio ferro e esfregue delicadamente
com uma escova de pontas suaves sobre a marca e lave com água e sabão.
Experimente expor a mancha ao vapor de água, esfregando com uma solução
de limão e sal.
Ou, passar sobre o amarelado um chumaço de algodão embebido em água oxigenada; depois água pura.

11. Lama / Barro

É melhor removê-las depois de seco, com uma escova áspera. Se não sair, diversas lavagens seguidas vão progressivamente eliminando a sujeira. Se for deixar de molho, lembre de trocar a água várias vezes ou ela ficará lamacenta e sujará toda a roupa. Aplicar vinagre branco na água pode ajudar.

12. Mofo

Primeiro deixe de molho em água bem quente por cerca de 30 minutos. Em seguida lave em água fervente com bicarbonato de sódio. Duas colheres de
bicarbonato para cada litro de água são suficientes. Depois enxágüe em água corrente e em seguida com água e amoníaco. Utilize uma colher de sopa de amoníaco para cada 2 litros de água. Seque ao sol. Outra opção é tentar aplicar água oxigenada sobre a mancha e deixar secar ao sol.

15. Desodorante e Suor

O problema é que o desodorante reage com o suor. Existem diversos tipos
de desodorantes e mais do que um tipo de suor. Algumas opções podem dar
resultado, dependendo do tipo de desodorante, do tipo de suor, da mancha existente e do tipo de roupa. Você pode começar usando um tensoativo, aplicando sobre a mancha por 5 minutos e depois lavar.
Outra solução possível é aplicar água oxigenada diretamente sobre a mancha,
deixar cerca de 20 minutos e depois lavar com água quente, mas esta opção pode clarear a peça na região em que foi aplicada, então é melhor utilizá-la em roupas brancas ou claras.
Se não funcionar, você também pode tentar aplicar água com bicarbonato de sódio sobre a mancha, deixar de molho e depois lavar com água e sabão.
Se ainda não deu certo, tente aplicar suco de limão e depois lavar bem com
água e sabão. Se ainda não saiu, há a opção de usar vinagre branco sobre o local e depois lavar bem.

16. Tinta de Parede

Normalmente sai com querosene, gasolina ou benzina, mas lembre-se dos cuidados para aplicar a benzina sem manchar ainda mais. Deixar de molho em aguarrás também funciona.

17. Vinho


Aja rápido, lave na hora com água (se possível morna) e sabão. Alguns restaurantes têm sempre um pouco de talco para jogar nesta hora, mas farinha de mandioca ou polvilho também pode ajudar a absorver o liquido derramado.
Se não tiver como fazer algo na hora, ao chegar em casa esprema suco de limão e lave com água quente. Outra saída é esfregar vinho branco na mancha de vinho tinto e depois lavar com água e sabão.
Se for uma roupa branca ainda há a possibilidade de lavar com alvejante sem cloro (jogue sobre a mancha) e depois lave com água, sabão e alvejante à fervura por 30 minutos.

18. Vela

Aparafina da vela derrete com facilidade. Retire o excesso esfregando com o lado sem corte da faca e depois coloque a mancha entre dois tecidos e passe com ferro quente.

19. Ferrugem


Existe um produto chamado Semorim que pode ser encontrado nos  supermercados que resolve o problema. O produto químico responsável pela solução é o ácido oxálico. Se você encontrá-lo em outros produtos concorrentes com este ácido também poderá usar.
A solução doméstica é aplicar suco de limão verde e água morna sobre a mancha. Coloque a roupa para secar em um local que tenha sol.

20. Blush

Tente tirar com álcool. Se não sair, passar éter embebido em algodão pode
ajudar. Lembre de deixar um tecido atrás para transferir a mancha.

21. Manchas de punho e gola

Umedeça a gola e os punhos e esfregue com sabão de coco em pedra. Esfregue bem, mas sem danificar a peça. Deixe de molho por cerca de duas horas. Lave
em seguida com água e sabão de coco líquido ou em pó.

22. Mel

Passe na mancha uma solução de bicarbonato de sódio diluído em água quente. Depois lave normalmente.

23. Roupas Brancas amareladas pelo tempo

Não use alvejante a base de cloro, nunca. Se você já usa normalmente, pare
de usar. É bem provável que ele seja o problema. Ele branqueia no primeiro momento, mas vai deixando as roupas mais e mais amareladas com o tempo e o tecido fica mais fraco. Neste caso não tem mais como tirar.
Com o tempo as roupas tendem a amarelar e é preciso voltar a alvejá-las. Procure nos supermercados os alvejantes sem cloro. Eles são a base de água oxigenada (peróxido de hidrogênio). Olhe no verso da embalagem (na  composição do produto) se está escrito: “peróxido de hidrogênio”, este é o nome químico da água oxigenada. Ele também alveja (branqueia) e não estraga as fibras como os alvejantes com cloro. Você também pode aplicá-lo sobre a maioria das manchas para ajudar a retirá-las. Não use nenhum tipo de alvejante em roupas coloridas, mesmo que na embalagem diga que você pode fazê-lo.
Para reduzir o problema de amarelamento das roupas lave com alvejante sem cloro (com peróxido de hidrogênio, mais conhecido por água oxigenada) em água bem quente. Depois deixe secar ao sol. Repita a operação algumas vezes até clarear bem.
Para roupas de algodão e linho: Ferva o tecido numa panela bem limpa por 1 hora em uma solução de sal e bicarbonato de sódio.
Seda Branca: Depois de ser lavada e enxaguada encubra-a por completo num
recipiente contendo água e 1/2 litro de leite cru. Alguns minutos de molho são suficientes.

24. Seda colorida:


Se a cor for firme, acrescente à última água, uma ou duas colherinhas (chá) de açúcar. Enrole a peça numa toalha limpa, bem apertada, e passe o ferro ainda úmida.
Se você notar que a roupa desbota, não a deixe de molho; ensaboe-a e enxágüe rapidamente para que não manche.
Na última água, coloque um pouco de vinagre e deixe secar à sombra.

25. Lycra Branca:

Depois de lavada e enxaguada, deixe-a por um pouco tempo de molho em
água contendo um pouco de bicarbonato. Em seguida, secar à sombra.

26. Lycra de Cor:


Se a peça é cor, não deixe-a em hipótese algum de molho. Caso contrário ela manchará.
Portanto, ela dever ser lavada separadamente da mesma hora em que for molhada.

27. Nylon Branco:


Fermento em pó, é ótimo para evitar que roupas de nylon branco fiquem
amareladas depois da lavagem. É só mantê-las por alguns segundos numa
solução de água com um pouco de fermento em pó.

28. Respingos de alvejante: 

Algumas manchas não saem mesmo, como aquelas que aparecem quando respingamos alvejantes clorados, ou seja, que tenham na composição (olhe no verso da embalagem) um produto químico chamado “hipoclorito de sódio” (como na Cândida, Água Sanitária ou outras marcas). Neste caso, só tingindo
de novo em uma cor bem escura. Lembrando que se a os costuras forem em
linha sintética, o tingimento não ficará uniforme.

29. Mancha de outra cor (Peças de cores diferentes misturadas na máquina)

Neste caso o que ocorreu é que o corante de uma peça tingiu a outra. Aja
rápido. Não deixe secar e lave a quente a peça manchada com alvejante a
base de peróxido de hidrogênio (mais conhecido por água oxigenada) até
a mancha sair. O problema é que a cor original da peça pode sair um
pouco também.

30. Geléia:


Coloque talco sobre a mancha espere alguns minutos e sacuda para retirar a maior parte do talco. Depois molhe na mistura de um quarto de álcool e três quartos de água, lave novamente com água pura e deixe secar.
Morango.Coloque a parte manchada dentro de água fria por alguns minutos, em seguida esfregue a mancha com rodela de limão, passe por água limpa, coloque de molho com sabão em pó e lave em água morna.

31. Mertiolate:


Misture uma colher de chá de detergente neutro, não alcalino (sem cloro) em um copo de água morna.
Molhe, coloque uma colher de chá de amônia em meio copo de água, molhe
novamente, misture um terço de vinagre branco com dois de água e
finalmente molhe novamente. Passe mais uma vez o detergente neutro com
água morna e com uma esponja embebida em água limpa pressione no local.
Com a esponja seca vá retirando o máximo de liquido. Espere secar em
lugar ventilado.

32. Mercurocromo Tecido:

Coloque num balde 4 litros de água quente com mais 4 colheres de sopa
de água sanitária, e uma colher de café de vinagre branco ou de suco de
limão.
Deixe imerso o tecido por 15 minutos,em seguida esfregue e enxágüe abundantemente.

33. Molhos:

Cubra com glicerina a parte manchada.
Passada uma hora, coloque o tecido de molho e lave depois com sabão em pó e água morna.

34. Shoyu (molho):

Se pingar shoyu em sua roupa, pegue tirinhas de nabo – que acompanham o
prato – e esfregue discretamente no local. Quando for lavar, a mancha
sairá por completo.

35. Tintura para cabelo:

Limpa-se com uma solução de ácido nítrico e ácido oxálico em partes
iguais, deixe sobre a mancha por alguns minutos e depois lave em água
fria.

36. Tinta de carimbo:

Este tipo de mancha sai com a aplicação de suco de limão no local, polvilhado com sal fino.
Espere uns 20 minutos .

37. Tinta óleo-pintura de quadros:

Se sujar a roupa, no momento da pintura, basta limpá-la com detergente,
sem molhar a roupa com água, apenas o detergente, esfregar com a mão ou
uma bucha , que a tinta sairá completamente da peça.
A limpeza deve ser feita no mesmo dia

38. Grama:

Manchas de grama saem quando esfregadas com álcool.
E para finalizar, nunca lave artigos como ternos ou vestidos de seda em
água. Neste caso envie a uma lavanderia especializada para lavar a
seco. Eles usam alguns solventes que são muito bons para retirar
manchas oleosas.

Bem espero ter ajudado com as dicas, se tiverem outras, peço que compartilhem conosco, pois é sempre bom aprender.

Via Blog Amelias

Bjks e fiquem com Deus,
Aline

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Aprenda a economizar nas compras de supermercado

O fim de ano está chegando e com certeza você já está planejando as compras de Natal e as férias em família, é hora de fazer as contas e ver quanto será preciso gastar para aproveitar desses momentos. O orçamento está apertado? Precisa economizar? Uma boa dica é economizar nas compras do supermercado, basta se audisciplinar e controlar os gastos.
Confira as dicas abaixo, extraídas do site OZ Organize.



1. Antes de simplesmente anotar os itens que faltam na despensa e na geladeira, planeje as refeições da casa, listando os ingredientes de preparo de todas as refeições de segunda a domingo.Leve em consideração as promoções da semana, as frutas e legumes da época e a qualidade nutricional dos alimentos, na hora de elaborar o cardápio.
2. Só depois de listar o que e quanto vai precisar de cada produto, elabore a lista de compras.
3. Tenha em casa uma planilha onde você anota o preço e local de onde comprou cada produto da última vez. Assim, você tem um parâmetro de comparação na hora de voltar às compras.
4. Estipule no seu orçamento doméstico, qual o valor máximo destinado às compras de supermercado. Faça asimulação de custos da próxima compra, baseado na planilha com os valores dos produtos que você tem.Caso o valor simulado ultrapasse o seu orçamento, refaça o planejamento dos cardápios utilizando ingredientes mais baratos.
5. Leve ao supermercado sua lista, contendo não apenas os produtos e quantidade a ser comprada, mas também o registro dos preços da última compra. Se o produto estiver mais caro do que o previsto, troque por outra marca mais barata, se possível.
6. Ao chegar em casa, não se esqueça de atualizar sua planilha, registrando os preços dos produtos da última compra,assim como o custo total das compras de supermercado.
7. Procure pesquisar os preços de pelo menos 3 estabelecimentos diferentes, mais próximos de você. Às vezes, é mais econômico, fazer as compras em mais de um supermercado, aproveitando as melhores ofertas de cada um.

Fonte: www.organizesuavida.com.br 
e www.blogsanremo.com.br

Bjks, meninas!!

Aline

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

O que fazer quando o molho da maionese desanda?

Já publiquei aqui a receita da minha maionese caseira, aquela de batatas, especialidade do domingo.
Mas tem uma coisa chata que às vezes acontece: o molho desanda!
Você está lá, faceira, misturando seus ovinhos com o óleo e, de repente, bléeeeeeeeee... cadê a consistência? A liga? E agora? O que fazer?
Eu já tive que recomeçar do zero, porque simplesmente não consegui recuperar o molho. Na minha família, já ouvi várias dicas, como acrescentar um pouquinho de vinagre ou simplesmente ficar mexendo e mexendo até o molho dar liga novamente. Mas comigo isso nunca funcionou! E só vou passar pra vocês o que funciona, né? rsrsrs
Então, aconteceu que domingo estava fazendo minha maionese, já tinha feito o molho e deixado de lado enquanto descascava as batatas... quando fui pegar o molho para misturar, ué!!! Tinha desandado!! Ah, que raiva... assim do nada... bateu o desespero, mexe, mexe, mexe... nada... daí lembrei que vi um vídeo em que era feito um molho de maionese só com batata cozida e óleo... Depois disso, peguei umas duas colheres do molho desandado, acrescentei mais umas duas colheres de batata cozida e misturei bem. Fui acrescentando o restante do molho, e tadahh!!! Voltou ao normal!!!
Se você tem um truque para compartilhar, deixe nos comentários!
E espero que se um dia precisar, essa dica te ajude!
Beijinhos!!

domingo, 6 de novembro de 2011

Vassoura de PET (passo a passo)

Hoje trazemos uma idéia para reutilizar as garrafas PET que você iria jogar no lixo. Essa dica foi retirada do site Recicloteca

Materiais Necessários:

  • 18 garrafas de refrigerante de plástico PET de 2 litros
  • cabo de vassoura
  • tesoura
  • estilete
  • furador
  • arame
  • martelo
  • pregos

Como Fazer:

vassoura-de-pet
1) Retire o rótulo da garrafa
2) Retire o fundo cortando com estilete
3) Faça cortes até na parte arredondada da garrafa, como mostrado na figura
4) A garrafa deverá ficar com várias tirinhas de cerca de 0,5 cm de comprimento
vassoura-de-pet2
5) Retire o gargalo com uma tesoura
6) Faça 17 peças sem o gargalo e deixe somente uma com o gargalo
7) Encaixe todas as peças sem o gargalo sobre a peça com o gargalo
8) Está formada a base da vassoura
vassoura-de-pet3
9) Corte a parte superior de outra garrafa e encaixe por cima da base que você acabou de montar
10) Encaixe com cuidado para não soltar as outras peças
11) Faça 2 furos
12) Encaixe o arame para amarrar a vassoura
vassoura-de-pet4
13) Puxe o arame até o outro lado e amarre as pontas bem firmemente com a ajuda de um alicate
14) Encaixe a vassoura em um cabo
15) Bata um prego para fixar
16) Está pronta a vassoura!


sábado, 22 de outubro de 2011

Como organizar a pia da cozinha

Organize acessórios na lavagem da louça

Alguns acessórios fazem a diferença na hora de lavar a louça. São eles:
  • Escorredor de prato: existem escorredores retráteis que desocupam o espaço assim que a louça é enxuta e guardada.
  • Escorredor de talheres: são desenhados para tornar a secagem dos talheres mais rápida. Existem modelos muito bonitos que podem servir para guardar os talheres usados no dia a dia, sem que precisem ser transferidos para a gaveta.
  • Escorredor de copos e de xícaras: é comum que, após uma reunião ou festa em casa, haja mais copos do que pratos para serem lavados. Nesses momentos, possuir um escorredor apropriado para copos facilita a secagem dos mesmos, sem manchas e sem pano de prato.
  • Rodinho e escova para pia: Uma escova de cabo comprido pode ser essencial na pré-lavagem da louça mais engordurada, além de servir também para lavar a própria pia. Já o rodinho é prático porque torna a secagem da pia mais rápida.
  • Kit esponja, detergente e lixeira para pia: existem bonitos kits para a pia que enfeitam a casa e são muito práticos para abrigar suas esponjas, o sabão, o detergente e uma lixeira auxiliar para a hora de cozinhar. Aproveite para separar um potinho onde possa deixar sua esponja se desinfetando durante a noite. Basta uma colher de café de água sanitária para 200 ml de água. Mergulhada nesta solução, suas esponjas estarão limpas para o uso no dia seguinte.
  • Luvas: Os detergentes não dissolvem apenas a gordura da louça, mas também os óleos naturais produzidos por nossa pele para mantê-la úmida e saudável. Por isso, deixe um par de luvas de tamanho apropriado e use-as sempre que for lavar a louça para proteger suas mãos.
Outra dica é manter duas esponjas na pia de sua casa: uma para lavar a louça mais engordurada e outra para lavar sujeiras mais leves. Etiquete os potinhos onde for guardar cada uma delas para evitar confundi-las. Você também pode desinfetar a esponja usando o micro-ondas: envolva a esponja ainda úmida em um papel toalha e a coloque sobre um prato próprio para micro-ondas, deixando em potência máxima por 30 segundos.
Debaixo da pia é o lugar ideal para abrigar panelas, tábuas de carne e vasilhas de plásticos. Se ainda houver espaço para separar um armário para guardar mantimentos como arroz, feijão, macarrão, massa de tomate, etc. Deixe a parte da frente para armazenar os produtos que você mais usa.

Fonte

Bjks, meninas!
Aline

Escondidinho de salsicha

Vamos a uma receita fácil, econômica e deliciosa?



Escondidinho de salsicha


Ingredientes

1 kg de batatas cozidas e espremidas
1 caixinha de creme de leite
1 cebola em rodelas finas
Cheiro verde
300 g de salsichas em rodelas
1 colher de margarina
½ copo de requeijão
2 colheres de queijo ralado

Modo de Preparo
Faça um purê com as batatas, o creme de leite, o queijo ralado e o requeijão, acerte o sal e reserve.
Faça um refogado com a margarina, as cebolas e a salsicha.
Unte um pirex, coloque metade do purê, espalhe o refogado de salsichas, cubra com o restante do purê, polvilhe queijo ralado e leve ao forno por 20 minutos.



Aprendi no Tudo Gostoso

Bjks,
Aline

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Mesa de apoio feita com canos

Não, gente... Achei esse tutorial e achei o máximo. O copiei aqui, mas o post original é do Blog Margaretss


01

O que foi necessário: Cano de pvc, joelhos de pvc (sendo que dois joelhos são maiores que os outros)

02

Trena, serra, tira de couro, tinta spray e um tampo de madeira.
No caso da Margaretss, o tampo de madeira foi uma divisoria de uma prateleira.

03

Os canos foram cortados na altura e largura necessária. 58 cm pra altura e 30 cm na largura e profundidade. Nessa parte de montagem dá pra suar um pouco. Não é brinquedo não encaixar isso ai certinho pra ficar firme. Ia colocar cola pra pvc mas como Bi é super heroi nem precisou usar.
Estão vendo essa parte do cano marron? Não é cano, é um tubo de papelão. Margaretss errou na metragem e só comprou 3 mts de cano quando deveria ter comprado 3,30. Ela colocou o tubo ai só pra fazer a foto.

04

Cortou um tecido um pouco maior que o pano e preguou o tecido bem esticadinho com grampeador de estofador.

05

Posicionou a base ja pintada de vermelho e fez um prendedor com as tiras de couro. Pregou as tiras também com o grampeador de estofador

06

E pronto…. Uma mesa pra usar na lateral do sofá e servir de apoio para comidinhas e bebidinhas….

07

O detalhe mais importante: Os dois joelhos maiores ficam na curva da base. Margaretss colocou igual aos outros mas ai quando colocava o tampo, ela pendia pra baixo. Com o joelho maior o cano entra mais no joelho e dá firmeza.

08

E também pode ser usado pra navegar, enquanto se vê tv.

09

Ela encaixa direitinho embaixo do sofá e fica super prática.

Simplesmente ameeeeeei! Vou tentar fazer.

Bjks

Aline

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Suco desintoxicante

Mesmo fazendo dietas você não consegue emagrecer? Talvez seu organismo não esteja eliminando as toxinas e deixando o metabolismo lento. Para mudar esse quadro, invista na desintoxicação do seu organismo, adotando uma alimentação saudável e reforçando com o suco desintoxicante:

Ingredientes:

Sumo de 1 laranja
1 folha de couve
1 colher sopa de linhaça germinada (coloque 1 colher de linhaça em 1/2 copo de água e deixe descansar por 4 a 8 horas, até se tornar um gel)

Modo de fazer:

Bata tudo no liquidificador e, se necessário, acrescente mais água. Beba gelado.

Fonte

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Como desentupir um ralo


Um ralo entupido é um dos problemas caseiros mais comuns. Isso começa a acontecer lentamente. Primeiro você percebe que a água está descendo lentamente. Isso é o que acontece antes de ficar totalmente entupido. Antes que fique pior ainda, você pode ajudar a tirar a sujeira e desentupir o ralo.
Você não tem que ser um encanador para fazer isso. Tudo que você precisa é de alguns materiais simples que existem em casa e um pouco de graxa. Após alguns minutos de trabalho, você verá a água escorrer.
Porém antes de fazer a dança da vitória, você ainda terá de começar a trabalhar na sujeira. Então, aqui estão alguns passos simples para ajudar você a desentupir um ralo. 
  1. Deixe seu material pronto. Para desentupir um ralo, você vai precisar de bicarbonato de sódio, vinagre, uma chave de fenda, um par de luvas de borracha, sal e água quente
  2. Prepare a pia. Comece tirando a água parada da pia. Você pode esvaziar o conteúdo da pia em um balde.
  3. Pegue o desentupidor. Abra o ralo e procure por qualquer obstrução visível. Se não houver bloqueios visíveis, o entupimento está mais para baixo dos canos. Vá para o passo seguinte
  4. Primeira mistura. Use luvas de borracha para evitar o contacto com a pele. Misture metade de um copo de bicarbonato de sódio com meia xícara de vinagre. Ponha a mistura imediatamente no ralo. Esses dois ingredientes vão interagir rapidamente uns com os outros e emitir gases. Tenha cuidado para não inalar esses gases.
  5. Segunda mistura. Se a primeira mistura não funcionar, o entupimento pode ser devido a um acumulo de gordura. Para remover a gordura misture meio copo de bicarbonato de sódio com meio copo de sal. Despeje a mistura pelo ralo. Despeje em seguida a mistura uma chaleira cheia de água fervente.
  6. Deixe descansar. Após colocar a mistura, deixe-a lá por três horas para uma máxima potência. Após três horas, despeje água para ver se o entupimento foi removido. Se ele  não tiver sido removido com a primeira mistura, use a segunda para um melhor efeito.
  7. Você pode ver que o processo é bem simples. Com itens simples que você pode encontrar em sua própria casa e com um pouco do seu tempo, você pode salvar centenas de dólares que teriam sido desperdiçados pagando um encanador.

Fonte

Bjks,
Aline

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

Como derreter chocolate


Derreter o chocolate significa submetê-lo a um aumento de temperatura suficiente apenas para que ele fique semiliquido. Para conseguir esse calor suave, você pode utilizar tanto o banho-maria quanto o microondas.
A principal vantagem do banho-maria é que você pode acompanhar de perto a transformação do chocolate, retirando-o do fogo antes que ele tenha derretido completamente. Manipule as vasilhas com cuidado, evitando que o vapor da água aquecida entre em contato com o chocolate, tornando-o manchado após a moldagem.
O microondas, além de derreter o chocolate em poucos minutos, afasta de vez o risco de contato com a água. Fique atenta ao tempo digitado, para que o chocolate não aqueça excessivamente: o chocolate que sai totalmente derretido do microondas já ultrapassou a temperatura suportável.

 1  Digite o tempo levando em consideração o modelo de forno utilizado e a oscilação da corrente elétrica. Em termos médios, 4,5 minutos na potência média são suficientes para derreter 1 kg de chocolate. Na metade do tempo digitado, abra o forno e mexa o chocolate, para que ele derreta por igual
 2  Retire o chocolate do microondas e misture com uma espátula, completando o derretimento em seu próprio calor.
 3  Depois de misturado, o chocolate estará bem liso, pronto para ser temperado. Caso persistam algumas pelotinhas, volte ao microondas por poucos segundos, apenas para completar o derretimento.

Em banho maria
 1  O refratário deve estar bem encaixado na panela, vedando a passagem de vapor ou respingos d´água para o chocolate.
 2  Coloque água fria em quantidade suficiente apenas para banhar o fundo do refratário. Água em excesso faz com que o refratário "bóie" e perca o encaixe com a panela, aumentando o risco de umidade no chocolate.
 3  Ponha o chocolate picado dentro do refratário e em seguida leve ao fogo bem baixo, para que o chocolate receba o calor de maneira gradual.Retire o chocolate do fogo quando a água estiver morna, bem antes de ferver (verifique a temperatura da água com a mão: ela deve estar bem quente, mas suportável ao tato).
 4  Neste ponto, aproximadamente 1/3 do chocolate ainda estará em pedacinhos. Complete o derretimento misturando o chocolate com uma espátula, aproveitando o calor da mistura. Caso persistam algumas pelotinhas, volte ao banho-maria (com o fogo desligado), por alguns instantes, apenas para completar o derretimento.


Fonte: Clique a gosto

Bjks,

Aline

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Dicas com PÃO

 











O que fazer com aquele monte de pães velhos que as vezes sobra em casa?

Aqui vão algumas sugestões


Torradas aromatizadas:

- Arrume os pães fatiados, derrame um fio de azeite sobre cada fatia, salpique com orégano e leve ao forno até dourar.
- Arrume os pães fatiados, derrame um fio de azeite sobre cada fatia, salpique com tomate picadinho, orégano, sal e queijo ralado e leve ao forno.
- Arrume os pães fatiados, derrame um fio de azeite sobre cada fatia, salpique com alho picadinho, orégano, sal e leve ao forno.
- Arrume os pães fatiados, faça uma mistura de margarina ou manteiga com alho espremido, orégano, sal e passe no pão leve ao forno.

Farinha de Rosca ou Pó de Biscoito:

- Depois de fatiar os pães, leve ao forno até dourar. Bata as torradas no liquidificador à seco.
- Se quiser uma farinha mais fina, passe em uma peneira.

Rabanada:

- Corte o pão em fatias grossa embeba em leite com açúcar, depois passe no ovo batido e frite em pouco óleo, salpicando uma mistura de canela e açúcar ao servir.
- Se quiser dar um sabor especial a rabanada, junto com o leite coloque um pouco de vinho tinto doce, além do sabor fica mais sequinha.

aqui

Bjks,
Aline

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Erros comuns segundo o Dr. Bactéria


1° erro:

Lavar as carnes debaixo da torneira.

Primeiro, você perde nutrientes. A carne fica esbranquiçada.
Segundo: a contaminação que existe vai aumentar, porque aumenta a quantidade de água e as bactérias vão penetrar mais ainda.
A única carne que se lava é o peixe e só para tirar escamas e a barrigada.


2° erro:

Colocar detergente direto na esponja, o que leva ao exagero.

O detergente nunca deve ser colocado direto na esponja.
Vai ser muito difícil enxaguar todo esse detergente.
O resto de detergente que fica junto com os alimentos pode no futuro dar um problema para a sua saúde.
Para limpar sem exagero, você precisa apenas de oito (8) gotas de detergente em um litro de água.


3° erro:

Usar tábua de carne de madeira.

Na tábua de madeira as bactérias ficam te aplaudindo!
Tábua tem que ser de plástico ou vidro.

4° erro:

Sobre guardar comida quente na geladeira.

Este é um dos um dos mitos mais difundidos entre as donas de casa…
Não há erro em guardar comida quente na geladeira.
O único problema é que vai aumentar um pouquinho o consumo de energia, mas não vai estragar a geladeira de modo algum.


5° erro:

Guardar comida quente na geladeira com o recipiente tampado.

O ar frio vai bater na tampa.
Vai demorar muito para resfriar e as bactérias vão adorar!
Então, coloque tudo destampado.
Depois de duas horas você pode fechar.


6° erro:

Furar a lata de leite condensado e utilizá-la várias vezes.

As pessoas pegam a lata de leite condensado e  fazem dois buraquinhos, um de cada lado.
Sai leite condensado por um lado mas, pelo outro, entra uma porção de bactérias.
Abra a lata inteira e passe o leite condensado para um recipiente que pode ser de plástico ou de vidro.
Sirva sempre com uma colher; depois tampe e guarde na geladeira.

7° erro:  

Ignorar as formigas.

Quando se fala em doce, a gente não pode esquecer as formigas.
Você provavelmente não se importaria se encontrasse
uma formiguinha em cima do seu bolo, não é?
Doutor Bactéria:
E se fosse uma barata?
Marina Scherb, de 12 anos: Aí eu não como.
Doutor Bactéria: Se a gente pegar uma barata, matar essa barata, deixar no meio da cozinha, no dia seguinte, cadê a barata?
Marina: Sumiu.
Doutor Bactéria: Quem levou?
Marina: As formigas…
Doutor Bactéria: A mesma que estava em cima do bolo?
Marina: É, né?…
Doutor Bactéria: As formigas são consideradas até maiores agentes transmissores de bactérias do que a própria barata. Doce com formiga só pode ter um destino: a lata de lixo.

8° erro: 


Soprar velinhas do bolo de aniversário.

Este é um péssimo mau hábito.
Testes comprovam que o bolo fica contaminado por bactérias de saliva.
Essas bactérias produzem uma toxina que podem ocasionar aquelas intoxicações com 24 horas de vomito e mal-estar.
Evite, também, deixar o bolo fora da geladeira.

Fonte

Bjks,
Aline

sábado, 23 de julho de 2011

Tipos de panela

Antes de escolher que tipo de panela você vai usar no dia-a-dia, é importante conhecer a matéria-prima destes utensílios. Algumas panelas precisam passar pelo processo de “cura”, por possuírem substâncias que podem ser transferidas para os alimentos que estão sendo preparados e dependendo do resíduo, é necessário ter cautela. Lembre-se de observar três qualidades: a saúde, a praticidade e a funcionalidade.




PANELA DE PEDRA-SABÃO
 
As panelas de pedra-sabão são uma das mais antigas da história da culinária e têm a vantagem de durarem por muitos e muitos anos. Não possuem cheiro, não alteram o sabor dos alimentos e os mantêm quentes por longo tempo. Não são atacadas por ácidos e são bonitas. A natureza antiaderente e a capacidade de reter calor por muito tempo são as características mais atrativas. Mas as qualidades não param por aí! Esse utensílio libera quantidades expressivas de elementos nutricionalmente importantes como cálcio, magnésio, ferro e manganês. A panela é comprada ''crua'', por isso a cor dela é clara.
Preparando a panela
Antes de usar a sua panela de pedra-sabão ela precisa ser preparada ou curada. Vamos lá:
  • Unte a panela com azeite de oliva tanto na parte interna como na externa;
  • Em seguida encha a panela de água e leve ao forno médio (180°C) por 2 horas ou se preferir leve ao fogo e deixe a água ferver por 30 a 40 minutos. Retire do fogo;
  • Deixe a água e a panela esfriarem e repita a operação mais uma vez.
Com este preparo ela pode ser usada na elaboração de suas receitas sem perigo de quebrar e suporta até 1.000°C. Esta técnica evita que o níquel (um mineral bastante tóxico) passe para a comida.
Conselhos : só lave a panela de pedra-sabão com água e sabão. Nada de produtos abrasivos nem esponja de aço. Nos primeiros dias de uso, evite choque térmico forte. Não aqueça a peça a seco para depois despejar líquidos frios. Isso pode danificar definitivamente a panela. Por último, nas primeiras vezes que for usar a panela não faça frituras. 

PANELA DE COBRE 

O cobre é um metal usado pelo homem desde os primórdios e tem diversas aplicações por ser um ótimo condutor de calor, além de ser um metal mais resistente à corrosão. As panelas de cobre são as prediletas das doceiras por transmitirem o calor de forma rápida e homogênea, tornando-as excelentes para derreter açúcar e fazer caldas. A economia no consumo de gás também é notável, pelas mesmas qualidades citadas acima. As panelas de cobre são indicadas para frituras e para os serviços de réchaud por distribuir e reter o calor por mais tempo.
Cuidados com o uso da panela de cobre:
  • Observe se há revestimento interno : normalmente são estanhadas ou com aço inox. Na falta deste revestimento o cobre passa para o alimento e com o tempo o metal se acumula no organismo. Pequenas quantidades deste metal podem produzir náuseas, vômitos e diarréia. Já a ingestão contínua de quantidades maiores de cobre pode causar dano renal, alterações osteoarticulares, dores nas juntas e até lesões cerebrais, demonstradas em tomografia computadorizada. Por isso, os utensílios culinários devem ter a superfície interna revestida com politetrafluoretileno (PTFE), titânio ou aço inoxidável.
  • Ao usar pela primeira vez uma panela de cobre , deve-se remover o verniz caso esteja presente. Para isso mergulhe-a em água fervente e deixe até esfriar completamente;
  • Para deixar a sua panela brilhante : faça uma pasta de farinha de trigo ou fubá (½ parte), sal (¼) e vinagre (¼). Espalhe sobre a panela e deixe secar por 1 hora. Lave, enxugue e passe uma flanela macia. Caso use polidores, lave-a muito bem;
  • Para o dia-a-dia, utilizar detergente neutro é o suficiente ! Nada de lavar com produtos abrasivos ou esponja de aço;
  • Não deixe o alimento esfriar dentro da panela de cobre . Isto porque o sal e os ácidos reagem com as substâncias da panela e podem provocar a liberação de substâncias tóxicas.
PANELA DE FERRO 

Para quem gosta de um bom cozido de carne e de legumes, nada melhor que a panela de ferro.
É ideal para grelhados de filé e peito de frango e também para a saúde. Os panelões de ferro, de cor escura e muito pesados, são bastante tradicionais em Minas Gerais. O uso regular destes panelões foi relacionado com a prevenção e ao tratamento da anemia. O uso da panela é também indicado para vegetarianos, mulheres em idade fértil e crianças.
A vantagem da panela de ferro é que ela não se deforma com o calor e conserva melhor a temperatura dos alimentos, representando uma boa economia de gás.
  • Como elas são pesadas e mantêm-se quentes por muito tempo, prefira as que têm cabo de madeira, evitando as queimaduras e facilitando a manipulação dos alimentos;
  • Alguns estudiosos no assunto têm mostrado que este tipo de utensílio ajuda a evitar o aparecimento da anemia. Por outro lado, deve-se tomar cuidado ao lavá-la. Quando esfregada vigorosamente com a esponja de aço, um tipo de ferrugem passa para o alimento, que depois de absorvida, oxida a gordura do nosso corpo, favorecendo a obstrução das artérias.
PANELA DE ALUMÍNIO 

As panelas de alumínio são as mais comuns e as mais baratas. Mas também são as que causam mais polêmica. Há três décadas, pesquisadores levantaram a suspeita de que a ingestão do alumínio estaria relacionada com a incidência dos males de Alzheimer e de Parkinson. Até hoje, o material continua em estudo. Átomos de alumínio podem desencadear diferentes processos metabólicos associado à doenças do sistema esquelético, neurológico e hematológico (do sangue). Pesquisas mostram que a migração do alumínio é maior em panelas de pressão do que em panelas normais ou em fôrmas de bolo. Na limpeza é indicado o uso de bucha macia ao invés de esponja de aço. Quando o material é polido, há remoção da camada de óxido de alumínio, que dificultava a passagem de alumínio para a comida. A situação vai se agravando à medida que a panela envelhece, pois os metais migram em maior concentração. Este assunto é ainda muito polêmico, pois há quem discorde totalmente de tais estudos.
  • Não deixe o alimento esfriar dentro da panela de alumínio , assim como a de cobre. Isto porque o sal e os ácidos reagem com as substâncias da panela e podem provocar a liberação de substâncias tóxicas. Não guarde alimento dentro da panela de alumínio. 
PANELA DE VIDRO 

As panelas de vidro são as únicas que não transferem qualquer resíduo para a comida. O material é obtido por um processo de congelamento de líquidos superaquecidos. O maior atrativo do vidro é a beleza e a transparência que permite ver o processo de elaboração dos alimentos e a dosagem de líquidos fica mais fácil. A facilidade da limpeza é outro ponto positivo. Mas o preço e fragilidade do material pesam na escolha.

PANELA DE TEFLON

O composto antiaderente atrai cozinheiros pela praticidade na limpeza e por ser dispensável o uso de gordura. A descoberta de um revestimento antiaderente em 1938 chegou às cozinhas americanas na década de 60 e provocou uma revolução de conceito de panela prática. Atualmente, as panelas mais modernas são denominadas de teflon II por serem revestidas com primer (substância usada para ligar o teflon ao alumínio). O novo revestimento impede que o material passe para o alimento quando o teflon descasca. A maior preocupação com a panela é ecológica. Pesquisadores da Universidade de Toronto, no Canadá, descobriram que o teflon se corrompe quando esquentado a temperaturas de 200 a 500 graus centígrados. 'O que pode acontecer com uma panela esquecida no fogo. A evaporação do teflon origina gases CFC, responsáveis pela destruição da camada de ozônio.
Cuidados:
  • A panela de teflon tem um revestimento interno de politetrafluoretileno e a grande vantagem é que elas são antiaderentes e por isso exigem muito pouco óleo no preparo dos alimentos, ideal para a saúde. Por outro lado, o politetrafluoretileno é um plástico que se solta com alguma facilidade. Basta arranhá-lo com esponjas de aço, colheres e facas. Cuidado: o politetrafluoretileno não deve ser ingerido. 
PANELA DE INOX 

Para quem cuida da saúde e gosta de um alimento preparado adequadamente o melhor é optar pelas panelas de inox. É o tipo mais usado na cozinha profissional. Por ter fundo triplo, atinge altas temperaturas mais rapidamente, além de ser uma panela resistente e de aparência bonita. O aço inoxidável, conhecido popularmente como inox, é composto por ferro, cromo e níquel. Demora a esquentar, mas também a esfriar. No Brasil não há dados que comprovem a transferência dos componentes do inox para a comida. O aconselhável é não escovar a panela com esponja de aço. No polimento forma-se uma camada protetora de óxido que ajuda a impedir que os metais passem para os alimentos. O níquel em pequenas quantidades pode até ser útil ao organismo, mas o excesso tende a afetar o sistema nervoso.
Vantagens da panela de inox:
  • Capacidade distribuírem o calor de forma uniforme;
  • Fácil limpeza;
  • Tem uma boa apresentação;
  • Resistem a elevadas temperaturas e a variações bruscas de temperatura;
  • Como elas conservam o calor melhor que os outros materiais, deve-se tomar algum cuidado com o tempo de cocção. A comida pode passar do ponto e queimar;
  • Não liberam substâncias tóxicas para os alimentos, a não ser que a matéria-prima seja de péssima qualidade. Neste caso são capazes de liberar níquel que é tóxico ao organismo.
Conselho : quando for comprar uma panela de inox, certifique-se que a panela possua fundos termodifusores, que permitem que o calor da chama espalhe-se uniformemente. Assim o alimento cozinha por igual e não gruda no fundo da panela. 

PANELA ESMALTADA 

Se a questão é ter uma cozinha bonita a melhor escolha são as panelas esmaltadas. A desvantagem destas panelas é que elas são muito sensíveis e qualquer atrito é o suficiente para o esmalte se soltar, o que não é bom para a saúde. Mas, se cuidadas adequadamente elas não trazem nenhum prejuízo à saúde. As panelas esmaltadas atraem pela beleza, mas podem fazer tão mal quanto às de cerâmica vitrificada. O esmalte usado pode conter elementos tóxicos como o chumbo e os decalques na superfície interna, os quais podem conter cádmio. É desaconselhável o uso de utensílios antigos (fabricados antes de 1980) tanto esmaltados quanto os de cerâmica. 

CUIDADOS: É preciso ter cuidado com utensílios pintados à mão, que vão desde colheres, facas, recipientes culinários, entre outros. Algumas tintas são à base de chumbo, que pode ser transferido para o alimento.

PANELA DE CERÂMICA 

As panelas de cerâmica, principalmente as de barro com superfície marrom brilhante, devem ter selo de qualidade que garanta que não são usados compostos à base de chumbo. É comum encontrar em países pouco desenvolvidos produtos cerâmicos elaborados com óxido de chumbo na vitrificação. O chumbo é facilmente dissolvido no alimento, especialmente os ácidos. Saladas, frutas ácidas ou fermentados em contato com esse material podem ficar contaminados com componentes pesados como chumbo, mercúrio e cádmio. A intoxicação por cádmio traz problemas respiratórios, bronquite e hipertensão. O organismo incorpora o chumbo que é altamente tóxico, especialmente em crianças. O chumbo se deposita no osso em grandes quantidades como se fosse cálcio, o que produz um envenenamento generalizado. Os danos são diminuição da capacidade mental. Nos adultos o chumbo provoca anemia. Os sintomas aparecem em crianças, após um ano de uso da panela; em adultos, quatro anos. O ideal são panelas de barro ou de cerâmicas ofuscadas.

Texto adaptado do “Correio Braziliense”


Bjks,
Aline