Read in your language

domingo, 29 de janeiro de 2012

Aprenda a limpar monitores LCD e de plasma sem estragá-los

A fragilidade de monitores LCD e de plasma é responsável por muita preocupação na hora de limpá-los. Quais produtos deve-se usar? Quais não se deve, de jeito algum? Com essas dicas do Baixaki, você acaba com suas dúvidas e também com as manchas do seu monitor, confira!
Monitores CRT (aqueles de tubo) têm tela de vidro, logo, qualquer produto de limpeza de vidros pode ser utilizado nesse tipo de monitor. Já LCD não têm esse vidro, e, portanto, são muito mais sensíveis. O plasma, apesar de ter um substrato de vidro, também é bastante sensível. Logo, a limpeza deles requer cuidados especiais.

O que é proibido?

Não use químicos como detergente, desinfetantes e qualquer outro produto que tenha acetona, amônia, álcool etílico, tolueno ou cloro metano como um de seus componentes. As reações causadas pelo uso dessas substâncias acarretam sérios danos ao monitor, como o desbotamento das cores ou a “morte” de pixels (leia aqui um artigo especial sobre pixels mortos).
Toalhas de papel, papel higiênicos, lenços de papel e camisetas também devem ser evitados, pois materiais desse tipo podem riscar a tela. Muitas vezes recorremos a esse tipo de utensílio, pois estão quase sempre à mão, mas eles podem causar danos permanentes ao seu monitor.

Produtos seguros

O maior aliado da limpeza, neste caso, é a maciez. Algodão, panos de microfibras muito macios e pincéis são ideais, visto que não danificam a superfície. Combinados, eles constituem um kit capaz de combater qualquer tipo de sujeira.

As bordas

As bordas de monitores LCD e plasma geralmente são feitas de um material resistente, portanto, é possível esfregá-los com certa força, mas sempre com atenção para não atingir a tela.

Limpeza básica

Para começar, é recomendável desligar o seu monitor. Assim, você pode observar a condição da tela e identificar os focos de sujeira. Se você perceber que há alguma sujeira mais sólida, remova-a antes de esfregar para evitar riscos. Use um pincel macio (cerdas duras podem danificar a tela) ou então ar comprimido para isso.
Se o monitor não apresenta manchas de dedos e gorduras, e você quer apenas se livrar da poeira que normalmente se acumula, um simples pano seco e macio deve dar conta do recado. A principal dica aqui é nunca fazer pressão sobre uma tela de LCD. Apenas passe o pano macio com movimentos leves e a poeira deve sair sem esforço.
Pingos e respingos de líquidos diretamente na tela do monitor ocorrem com certa frequência. Limpe-os imediatamente, de preferência com um pano ou algodão seco, pois, caso sequem, poderão deformar a tela.

Limpeza mais pesada

Marcas de dedo são comuns em monitores, praticamente inevitáveis. Se o pano seco não for suficiente, a melhor dica é utilizar produtos específicos para limpezas de telas desse tipo. Eles são facilmente encontrados em lojas de informática. Diversas fabricantes consagradas têm produtos específicos para limpeza de monitores. Há também soluções para limpeza de eletrônicos, também recomendadas, pois evaporam rapidamente e não grudam na tela. Nesse caso, procure por produtos que tenham componente antiestático, assim a poeira não gruda com tanta facilidade.
Apenas lembre-se sempre de nunca espirrar a solução de limpeza diretamente na tela, pois ele pode escorrer para os componentes internos do monitor. Use o spray no pano para, então, passá-lo na tela. Não é necessário exagerar na quantidade do produto.
Se não tiver um produto específico, a água pode ser uma solução. Utilize um pano levemente umedecido, passando-o com delicadeza. Levemente mesmo, poucas gotas de água bastam. Novamente, lembre-se de não molhar a tela diretamente, e sim molhar o pano.
Um chumaço de algodão umedecido também ajuda. Apenas atente para remover eventuais fiapos restantes com pano macio seco.
Sempre que utilizar produtos líquidos para limpar uma tela, lembre-se de remover o excesso com um pano macio seco. Também não se esqueça de ligar o monitor somente quando ele estiver completamente seco.

Não vire as telas de plasma!

Caso o faça (entenda “virar” como um giro de 90° na horizontal, “deitando” o monitor), deverá esperar pelo menos seis horas para levantá-lo (devido à natureza do produto). Também evite deixar uma mesma imagem congelada na tela por muito tempo, pois a exposição das células de gases (responsáveis por gerar a imagem) à mesma corrente elétrica durante períodos elevados pode marcar a tela (algo que não acontece em monitores e TVs com a tecnologia LCD).

Outras dicas

  • Mantenha o seu notebook fechado para que a tela não acumule sujeira;
  • Se você sofre frequentemente com sujeiras, uma dica é pesquisar por capas ou películas protetoras.

Fonte: TecMundo

Bjks,
Aline

sábado, 21 de janeiro de 2012

O que fazer com o óleo de cozinha usado?

Você sabia que o óleo de cozinha usado, quando despejado na pia ou no ralo, pode danificar os encanamentos? Ou ainda, quando descartado junto ao lixo da casa, pode ser extremamente prejudicial ao meio ambiente? A decomposição deste produto emite metano na atmosfera, um dos principais gases causadores do efeito estufa, responsável pelo aquecimento global. Confira a seguir o que fazer com o óleo de cozinha usado para contribuir com a preservação do Planeta:
  • Não descarte o óleo doméstico nos ralos e vasos sanitários. O acúmulo de gorduras nos encanamentos pode causar entupimentos, refluxo de esgoto e até rompimentos nas redes de coleta;
  • Filtrar o óleo usado para fritar novamente não é aconselhável;
  • Coloque o óleo usado frio em garrafas PET e descarte junto ao lixo orgânico, não reciclável;
  • Também há postos de coleta e saiba que algumas entidades pagam pelo óleo ou o trocam por detergente ou outra mercadoria.

Você precisa de

  • 1 balde de 20 litros
  • 1 caixa plástica (para 20 litros)
  • 1 cabo de vassoura
  • 3 copos (americano) de sabão em pó
  • 3 copos (americano) de fubá
  • 2 litros de óleo usado
  • 2 litros de óleo virgem
  • 1kg de soda cáustica escamada
  • 2 litros de água fervendo
  • 1 par de luvas
  • 1 máscara

Passos

1 - Antes de começar a transformação do óleo em sabão, ponha as máscaras e as luvas;



2 - Despeje 8 litros de água fria no balde e sem parar de mexer, acrescente o sabão em pó, o fubá, a água fervente, o óleo usado, o óleo virgem e, por último, a soda cáustica;


3 - Mexa de 20 em 20 minutos até engrossar. O ponto certo é quando o cabo de vassoura fica parado na massa, no meio do balde, sem apoio;


4 - Ao chegar ao ponto, despeje a massa na caixa e deixe por 24 horas;


5 - Desinforme e corte as barras no tamanho que desejar;


6 - Deixe as barras para secar na sombra por vinte dias. Após este período, o sabão estará pronto para ser utilizado e até mesmo comercializado.


Importante

A correta manutenção do óleo usado, além de ajudar a preservação da natureza, pode gerar uma renda extra, com a fabricação caseira de sabão, que é ótimo para lavar roupas e panelas de alumínio. Se comercializado, o valor sugerido por barra é R$0,25.

Fonte: Comunidade Bem Simples

Bjks,
Aline

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Panqueca americana



Sabe quando a gente vê nos filmes aquele café da manhã com panquecas fofinhas? Diferentes das panquecas que conhecemos aqui no Brasil, as panquecas americanas são mais encorpadas e geralmente saboreadas com algum tipo de doce (mel, chocolate, etc...)

Vamos a receita?


Ingredientes

1 xícara e 1/4 de chá de farinha de trigo
1 colher de sopa de açúcar
3 colheres de chá de fermento em pó
2 ovos levemente batidos
1 xícara de chá de leite
2 colheres de sopa de manteiga derretida
Pitada de sal
Óleo para untar

Modo de Preparo

Misture em um recipiente a farinha, o açúcar, o fermento e o sal
Em outro recipiente misture os ovos, o leite e a manteiga
Acrescente os líquidos aos secos, sem misturar em excesso
O ponto da massa não deve ser muito líquido, deve escorrer lentamente
Aqueça e unte a frigideira e coloque a massa no centro, cerca de 1/4 xícara por panqueca
Fica muito gostoso comer com Nutella, brigadeiro mole, mel, Karo...

Receita encontrada no Tudo Gostoso

Bjks,
Aline

sábado, 14 de janeiro de 2012

Por que usamos a aliança no dedo anelar?

Excelente explicação chinesa pra o motivo de se usar a aliança de casamento no dedo anelar. Muito convincente!



Interessante, não?

Que Deus nos abençoe!

Bjks,
Aline

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Os 5 "Nãos" na lavagem de roupa



Fazer as coisas bem feitas dá muito mais trabalho, mas também dá muito mais prazer.
Essa frase resume o que quero passar para você, com relação ao cuidado com a lavagem de roupas. Se soubermos lavá-las corretamente e quando realmente for necessário, será fácil conservar suas roupas bonitas, com qualidade, por mais tempo.
Lavagem de roupas é uma tarefa que requer algum conhecimento e não apenas jogá-las na máquina, apertar o botão e pronto, mas dentro desse conhecimento, existe também o que não deve ser feito.
Você pode achar que não tem muito tempo para se dedicar a essa tarefa, mas se ela for bem feita, você estará economizando dinheiro, pois você vai conservar suas roupas e de sua família por muito mais tempo.
A lavanderia ou local onde você cuida delas, deve ser vista como um local de renovação. Elas entram sujas e sem vida e saem cheirosas, limpinhas e bem passadas, prontas para deixarem toda sua família bem vestida e confortável.

Na hora da lavagem de roupa, o que não fazer?

1 - Não misture roupas de uso pessoal com panos de prato ou de limpeza. Regra básica. Não é higiênico você misturá-las. Lave-as sempre separadas, pois os panos de prato geralmente têm gordura e podem passar para suas roupas pessoais. Os de limpeza estão em contato com produtos químicos mais fortes e podem causar alguma alergia ou danificar o tecido, caso suas roupas se misturarem com eles.
2 - Não misture roupas muito sujas com outras peças (por exemplo, as de crianças). Quem tem criança em casa sabe o que é uma roupa suja e uma roupa muito suja. Quando a sujeira da roupa é leve, às vezes apenas de cheiro de suor e poeira, quando se misturam com roupas muito sujas, que podem ter barro, correm o risco de mancharem, dificultando muito a lavagem e o processo de retirada das manchas.
3 - Não misture com roupas de cor com roupas brancas. Roupas coloridas podem soltar tinta. Se você misturar roupas de cor com roupas brancas, provavelmente as coloridas irão manchar as brancas. E o tempo para ficarem de molho é diferente. As brancas devem ficar de um dia para o outro e as de cor, somente alguns minutos.
4 - Não, ou melhor, nunca deixe de molho roupas de cor forte. Roupas de cor forte se ficam muito tempo de molho vão desbotar com certeza, e uma roupa desbotada fica com aparência de velha. Se a roupa tem cor forte, essa é sua cor de origem. Roupas que são naturalmente desbotadas já são compradas assim. Uma roupa que não tem essa característica originalmente, quando desbota parece velha. E você não vai querer que isso aconteça com as suas, certo?
 5 - Não use sabão demais, só vai dificultar a lavagem. Achar que quanto mais sabão, mais limpa vai ficar a roupa é um engano. A medida certa é o ideal. As máquinas atuais têm medidores que acompanham. Então, não tem como errar. Na hora do balde ou bacia, use o bom senso. Coloque um pouco de sabão em pó, adicione a água e mexa até obter espuma. Aí está pronto para usar.

Para conservar roupas delicadas, elas devem ser  lavadas á mão. 


Fonte

Bjks,
Aline

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Bem Casadas - Blog de Ouro






Meninas, vejam que fofo o  selinho que ganhamos da minha amada amiga Cici .
Muito honrada em saber que ela considera nosso blog um verdadeiro Blog de Ouro. Assim eu o considero o dela também, o fofíssimo C de Cici.
Recomendo muitoooo!
Obrigada amiga!

Agora preciso recomendar 5 blogs para ganharem o selinho. Lá vai:

Lucia in the Sky


Papo de Tati

Vivemos pela fé

Recanto da Alma

Mocinha Kawaii

Bjks
Aline